sexta-feira, 10 de julho de 2009

Universo das Palavras!


Várias são as formas
De se sorver as palavras…
É o viver e respirar,
É o respirar e sentir, é o sentir e amar…
Ambas se unem pelo mesmo saber e sabor!
Universo de sentimentos
Que moram sem jeito
Por vezes… é um feito
Guardados como um tesouro
Dentro do peito de cada leitor…
Onde se erguem pilares de sensações,
Varandas de emoções
Janelas e portas de ouro…
A casa do escritor!
Através do toque dos olhos
Bailam diversos símbolos desenhados…
Visão que desliza rumo ao futuro,
Rumo á imaginação de qualquer coração…
Olhos que sentem e ficam molhados!
Por vezes…
As palavras são feitas de ferro,
Como um abraço
Outras de vidro,
Que nos corta a vida!
Cimento de sonhos que fortalecem amizades
De todas as raças, sexos e idades
Frases de aço… que tocam na ferida!
Cada um de nós
É uma letra,
Nossas famílias
Formam as palavras,
Nossos círculos de amizades
Criam frases,
E todas estas frases
Compõem as cidades!
Letras, palavras,
Frases, poemas e poesias…
O universo das palavras!
Pensamentos que aludo,
Porque ler, sentir e sonhar
Para muitos… pode dizer nada!
Para outros… o nada pode dizer tudo!
-Manzas-


59 comentários:

  1. É verdade!! Bela expressão do sentimento do Poeta! Gostei imenso de te ler. Beijinhos, bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Meu querido poeta de eleição... Ainda bem que retornas a escrever poesia... a poesia que tão bem sabes pincelar!

    Não escondo... que por vezes, venho para o teu " canto".... e releio- te sentidamente.

    Quero fazer-te um pedido, e é o seguinte:

    Enviares o teu endereço de correio electrónico para fazer-te um convinte e teres acessso ao meu Blog. Tenho fechado... só lá entra quem eu convidei. Com esta minha atitude, não sou " obrigada" a retribuir nada, assim como o faço com quem convidei.

    TU! Estás num espaço do meu coração como poeta e amigo!

    Se não for muita maçada para ti, aqui vai o meu endereço para que me possas responder:

    mariavaladas0@live.com.pt

    Beijo-te no teu coração.

    Maria

    ResponderEliminar
  3. Não há nada mais forte do que palavras..
    Abraços

    ResponderEliminar
  4. Muito forte. Profundo. Gostei! E a foto foi o retoque final!

    ResponderEliminar
  5. Manzas querido desculpe a ausencia , mas faz tempo que não entro no blog.. e fiquei feliz em voltar a ler teus incriveis pensamentos como o de hoje!
    As palavras são pra mim tudo, tu pode fazer alguem extremamente feliz ou triste elas tem o poder!
    beijosss

    ResponderEliminar
  6. Como sempre tudo maravilhos e lindo!!!
    Bjinhos da Madrasta!

    ResponderEliminar
  7. Assim como as letras sozinhas não tem tanto significado como quando se juntam e formam palavras, frases, poemas ... assim é o ser humano.
    Gosto muito de vir aqui.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  8. Oi, Manzas!

    Gostei da sua visita. Confesso que estava com saudades suas.
    Vou dar uma paradinha no Dois Rios mas continuo pelos arredores. Sempre que puder virei visitá-lo. Ando meio sem ânimo, mas logo passa. "É o viver e respirar,
    É o respirar e sentir, é o sentir e amar…"

    Beijo grande,
    Inês

    A

    ResponderEliminar
  9. Que coisa mais linda!
    Alias, como sempre tudo linnndooo!
    Amei isso: "Visão que desliza rumo ao futuro,
    Rumo á imaginação de qualquer coração…
    Olhos que sentem e ficam molhados!"

    Bjossssss!!!

    ResponderEliminar
  10. È das coisas que mais pesa na nossa vida, nos nossos sentimentos sao as palavras... nos podem fazer sentir de extremo a extremo. Foi muito bem definido aqui o mundo das palavras...
    bom fim de semana

    ResponderEliminar
  11. Como sempre parece que as minhas palavras ficam presas nos estendais do meu pensamento, e o vento leva com ele tudo o que não consigo desenhar em forma de letras para te dizer: Fenomenal Poeta! Fenomenal!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Simplesmente adorável!
    Beijinho terno!

    ResponderEliminar
  13. "Para muitos… pode dizer nada!
    Para outros… o nada pode dizer tudo"!

    As palavras são tão sábias quanto o silêncio, basta que saibamos usá-las!

    Bom estar por aqui.
    Bom final de semana.
    Suh ;)

    ResponderEliminar
  14. Olá, Moisés!
    Há tempos não te visitava... que delícia poder estar aqui novamente!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  15. __________________________________________


    ...palavras! Como são importantes, que poder enorme elas detem...

    Muito reflexivo o seu poema!

    Beijos de luz e carinho...

    ____________________________________________

    ResponderEliminar
  16. Há quem diga que palavras o vento leva, mas sabemos que nada tem a força da palavra que acarinha e fere. Um belissimo texto, meu amigo.

    Deixo-te um beijo carinhoso

    ResponderEliminar
  17. Muito bonito, Moisés. Há muita coerência poética em seu texto. Adorei o final, pois para nós que escrevemos o nada diz tudo.

    Um abraço caloroso,
    H.F.

    ResponderEliminar
  18. Olá Manzas!
    Parabéns pelo Blog que transmite paz, calma, e alimenta a alma com belas palavras!
    Com certeza voltarei, e já sou sua seguidora!
    Fique com Deus!E tenha um ótimo fim de semana.
    Beijus

    ResponderEliminar
  19. Voltou a escrever lindamente! Continue sempre, não páre...
    Um abraço e ótimo final de semana

    ResponderEliminar
  20. vc demora a postar mas qndo vem, vem com tudo.
    amei.

    bjosss...

    ResponderEliminar
  21. Manzas,meu querido Amigo.
    Fiquei contente ao ler-te.
    Também pelas palavras,mas pq.estás AQUI junto de quem te quer bem!
    Quero maiiiiiiiiiiiiiiis.
    Beijo.
    isa.

    ResponderEliminar
  22. Lindas palavras...
    O mundo das palavras que é o nosso chei tantas emoçoes e sentimentos ...
    Fica na paz!

    ResponderEliminar
  23. Las palabras encierran un mundo inmenso, inabarcable, donde la magia se nos presenta delante de nuestros propios ojos para hacernos partícipes.

    Hermoso poema, todo sentimiento.

    Un beso grande.

    ResponderEliminar
  24. Linda reflexão de palavras!
    Ao ler-te, lembrei-me de Mário Quintana:

    "Os poemas são pássaros que chegam
    não se sabe de onde e pousam
    no livro que lês.
    Quando fechas o livro, eles alçam vôo
    como de um alçapão.
    Eles não têm pouso
    nem porto
    alimentam-se um instante em cada par de mãos
    e partem.
    E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
    no maravilhoso espanto de saberes
    que o alimento deles já estava em ti..."

    Beijinho e feliz regresso ao Universo das Palavras!

    ResponderEliminar
  25. QUERIDO MANZAS, FOI OM ENORME ALEGRIA QUE TE VI NO MEU CANTINHO... TINHA SAUDADES TUAS... FELIZMENTE VOLTAS-TE E COM UM BELÍSSIMO POEMA AMIGO... BOM DOMINGO... ABRAÇO-TE COM CARINHO E AMIZADE,
    FERNANDINHA

    ResponderEliminar
  26. Se cada dia cai, dentro de cada noite,
    há um poço
    onde a claridade está presa.
    há que sentar-se na beira
    do poço da sombra
    e pescar luz caída
    com paciência.

    Pablo Neruda

    Desejo um belo domingo e uma linda semana.
    Abraços

    ResponderEliminar
  27. Volte a meu Blog e pegue para voce o selo que la se encontra... voce merece =)
    Selo de Blog 100 =)
    Bj

    ResponderEliminar
  28. Olá meu caro autor, cheguei até voce através do blogger da querida escritora e amiga Hercília Fernandes. Amei conhecer seu espaço poético, com lindos e reflexivos textos além de vários pensamentos. Amei seu cantinho ! Vou linkar voce no meu blogger. Um abraço.

    ResponderEliminar
  29. É sempre uma delicia ler o que aqui escreves.
    uma boa semana para ti
    bjs

    ResponderEliminar
  30. O universo das palavras é o universo dos poetas!

    Um abraço daqui.

    ResponderEliminar
  31. Vim te agradecer o teu comentario no meu blog.....
    e encontrei este universo de palavras...que achei muito bom ....
    Bom será sempre tudo o que escreves.....pois sabes jogar
    com palavras..sentimentos e emocoes......
    es um escritor....... aproveita o teu talento

    um abraco
    Rui

    ResponderEliminar
  32. Olá Manzas...
    Após um período de ausência, as suas palavras voltaram com muita força.

    Escrevi outro dia em um blog de um amigo em comum que as palavras acabam nos compondo e a escrita nos imortalizando junto a tantos que acabam passando nos lendo e de alguma forma absorvendo!
    Assim acredito que nos tornando sementes dentro de alguns corações... Em alguns germinamos, mas não desenvolvemos... Mas em outros nos tornamos flores perfumadas! Gravamos a nossa essência e ficamos para sempre!

    As palavras possuem poderes, elas nos acompanham e muitas vezes são tudo que no momento podemos ter... Por isso é preciso ter cuidado ao escrever... Elas alimentam a alma!

    Uma bela semana para o seu coração!
    Obrigada por sua visita e PALAVRAS!!!

    Um beijo carinhoso

    ResponderEliminar
  33. Voltei para dizer que gostei muito deste teu poema! Lindo!
    Abraço

    ResponderEliminar
  34. É isso! Nada mais acrescentar!
    Beijinhossssssssss

    ResponderEliminar
  35. Querodo amigo... mais uma ves ... venho pedir qie me envies o teu endereço de correio electrónico. para fazerte o convite para teres acesso ao meu blog,
    Beijinhos

    Maria

    ResponderEliminar
  36. Olá! Passei para dar um grande abraço e agradecer as visitas! Rafaela

    ResponderEliminar
  37. Maravilhosa a construção de seu poema!!!

    As palavras tem a força do pensamento e devemos ter cuidado com elas ;só pronunciá-las como o fez em seu poema,docemente!!!

    Um beijo!!

    Sonia Regina.

    ResponderEliminar
  38. oi...

    Vim somente avisar que o Dom das Palavras está sendo encerrado. Mas vc pode continuar me visitando no Plenitude, viu?

    Vou te esperar, traga com sua poesia...

    bj

    ResponderEliminar
  39. Amigo Manzas

    Que seria de nós sem as palavras! São elas, as palavras, a voz dos nossos anseios, utopias, sonhos, frustrações.

    Através das palavras, libertamos emoções.

    Abraço fraterno

    Mário

    ResponderEliminar
  40. Palvras e silêncios, não?


    lindo...
    nada a dizer alem disto!


    vim
    li
    gostei!

    como sempre..
    beijos

    ResponderEliminar
  41. Sugere-se uma visita ao blog Sempre Jovens, a leitura do post Vamos limpar Portugal e a sua divulgação o mais alargada possível.
    Portugal precisa que todos os cidadãos exerçam o seu dever de cidadania e de civismo, sempre e mais precisamente em 8 de Novembro.

    Cumprimentos
    A. João Soares

    ResponderEliminar
  42. Entusiasmada com o teu regresso às "palavras", a este Universo de Palavras, à força da palavra presente ou ausente.

    Grande beijinho

    M

    ResponderEliminar
  43. Olá Manzas...
    Vim lhe apresentar um novo espaço em que tenho me dedicado, tratando de um assunto que amo de paixão.

    Aproveito para deixar uma mensagem que adoro:

    "Procurem um grande amor na vida e cultivem-no. Pois, sem amor, a vida se torna um rio sem nascente, um mar sem ondas, uma história sem aventura! Mas, nunca esqueçam, em primeiro lugar tenham um caso de amor consigo mesmos."
    Augusto Cury

    Um abraço carinhoso

    ResponderEliminar
  44. Ao meu querer!
    Dias noites, estações esquecidas
    Inventei sonhos para sonhar
    Lavei mágoas, dores perdidas

    Uma árvore toca as águas da lagoa
    O nevoeiro faz desenhos nas cumeeiras
    Um Melro negro solta um pio ao acaso
    A palavra quero-te diz-se de mil maneiras


    Convido-te a ver a Cor da Claridade


    Abraço

    ResponderEliminar
  45. Deixo aqui o link de um blog voltado para a saúde mental, gostaria do seu apoio em divulgá-lo pois lá será um local de informação, debates, artigos, etc.

    Conto com sua colaboração. http://transtornobipolar2009.blogspot.com/

    Porque a saúde mental, merece atenção!

    Abraços

    Silvana Pedrini

    ResponderEliminar
  46. Palavras,
    Forma simples de expressão,
    Faladas por falar,
    Escritas para marcar,
    Um sentimento, uma emoção...

    Teu post tem haver com o meu.

    Abraços

    ResponderEliminar
  47. Universo vasto, iluminado! Que seria de nõs sem esse mundo de palavras e expressões que compoem a alma?

    Um beijo pra ti

    ResponderEliminar
  48. o nada é empre potência de tudo e nele se abrigam murmúrios de amor que memo geograficamente distante, nos ão tão próximos...adorei o poema!bjo grnd luz e paz

    ResponderEliminar
  49. Olá amigo.
    Faz tempo que ñ vinha aqui e como sempre me emocionei.
    -As tuas palavras dizem TUDO!
    -As minhas dizem...saudade!
    Um beijo carinhoso.

    ResponderEliminar
  50. Tem selo para você lá no blog...
    Boa semana
    Abraços

    ResponderEliminar
  51. O Universo das palavras me encanta, embora eu não o domine bem.
    Imagem linda acompanha o texto.

    Abraços,
    Jac C.
    http://abcdejac.blogspot.com

    ResponderEliminar
  52. *
    palavras,
    são atomos do sentimento,
    ,
    um abraço, manzas,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  53. O universo gritante das Palavras
    Que salpicam em nós gotas de
    Sentimentos, alentos, emoções
    Sensações.
    Bendito Universo das Letras.

    Um beijo Lilás

    Ótimo fim de semana!

    ResponderEliminar
  54. olá
    ja nao aparece há um tempito
    espero ke td esteja bem
    Bom fim de semana e muita luz
    besito

    ResponderEliminar
  55. “Onde se erguem pilares de sensações,
    Varandas de emoções
    Janelas e portas de ouro…
    A casa do escritor!”……. eis a descrição que, na minha opinião, melhor define o que leva alguém a escrever. Parabéns por este magnifico texto.

    Abraço

    ResponderEliminar
  56. Espectacular não deve servir para descrever este "poema"
    Mas foi o melhor que consegui,
    continua assim do teu amigo,
    DanyOctrome

    NOTA: Se quiseres distrair-te um pouco porque não visitas o meu novo blog de rir?
    (soltaodente.blogspot.com)

    ResponderEliminar
  57. Poeta...aqui daqui a pouco em sua página dará teias devido ao tempo sem cuidar e tratar...(Postar!)
    Onde anda a sua inspiração poetica?
    Foi navegar em outros portos????
    Tire da gaveta um escrito e traga de volta a sua sensibilidade.

    Um abraço carinhoso

    ResponderEliminar

Um pensamento, uma reflexão,
um comentário …
Caloroso abraço de sua opinião
com sorriso de entusiasmo
de eterna Gratidão…