sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Em forma de poesia


Em forma de poesia… eu diria
Que o amor é como um sol!
Que brilha sem ser dia
Queimando em noite tardia
A boca que beija
Como quem morde
Os lábios de um anzol!

Perdidas ficam as palavras no ar
Em pensamentos imaginados
Tentando encontrar
A melhor explicação
Para a palavra amar!
Em forma de poesia… eu diria
Que o amor, é tentar entender
O que não se pode explicar…

É podermos em momentos inventados
Planar como gaivota sobre o mar!
Acreditar que no amor
Não existe dor
E sem razão, pedir perdão
Por escutar a voz de um coração
Que deixa o silêncio falar…

Difícil é entender o sonho da verdade
É desejar que o amor aconteça
Transportando da mente para a vida
Toda a sua realidade
Toda a sua fantasia…
O amor pode ser falado ou ouvido
Amado ou sofrido
Vivido ou sentido
Eu diria…
Até… em forma de poesia!
.
.
-Manzas-

20 comentários:

  1. Olha Manzas....Bonito demais as definições.E em forma de poesia!


    abraço

    ResponderEliminar
  2. Manzas...
    O amor é poesia...sempre..
    Adorei sua descrição sensível...doce,terna
    Beijos em ti
    nega

    ResponderEliminar
  3. Sim
    ainda em forma de poesia
    mais importante é
    deixar ele acontecer
    amor
    se permitir sempre
    e pode ser tudo isso
    que dissestes e tudo o que ainda vais sentir
    a cada momento que faltares o ar quando olhares
    para os olhos de seu amor e o silencio
    sublimar o profundo êxtase de dois corpos.
    Aff , esse sentir,
    é maravilhoso...

    Um ótimo final de semana pra vc.

    ResponderEliminar
  4. O Amor não tem explicação
    Acontece e...nada mais!
    É coisa do coração...
    É a vida a dar sinais!!

    Gostei imenso deste poema, com um perfume diferente dos que costume ler por aí... Bj Graça

    ResponderEliminar
  5. Belíssimo poema e a foto foi a cereja no cimo do bolo.

    ResponderEliminar
  6. Ola Manzas como sempre fantastico , não ha palavras adorooo ler-te ...beijinho grande estou de volta..

    ResponderEliminar
  7. Gratidão
    Provavelmente você já deve ter ouvido falar na expressão que se não temos tudo o que queremos, é importante aprender a valorizar tudo o que já temos. Acredito e muito no poder dessa valorização. Chamo-a de gratidão-terapia. É um processo de consciência dos passos que vamos dando em nosso dia-a-dia e de sua devida importância. A maioria de nós ao olhar para o passado e contrastá-lo com a vida que tem hoje sempre vai poder encontrar pontos positivos e outros negativos em que pode fixar sua atenção. E claro que, dependendo da escolha que fizermos, teremos resultados correspondentes. Ter metas, prazos a cumprir e sempre estar buscando algo melhor que já temos pode ser uma ambição salutar e impulsionadora, mas ao fecharmos os olhos e não dimensionarmos o que já conquistamos, corremos o risco de nos tornarmos prisioneiros de nossa insatisfação constante. Dessa forma, a gratidão-terapia nos traz de volta a realidade, nos mostrando os passos dados e nos ajudando a sentir como já progredimos na vida.
    Valorizar suas conquistas, por menores que sejam, é atitude muito importante. Normalmente temos o hábito de ver o que não temos, ao invés de nos educar para valorizar o que já temos. Olhamos para o dia ensolarado e pedimos o dia frio. Chega o frio e pedimos o calor. Sem perceber vamos nos acostumando a reclamar de tudo, por hábito de reclamar e sem nos darmos conta acabamos poluindo a imagem que temos da nossa vida. Não faça isso. Seja justo com você! Se há situações difíceis a se conviver, sempre há as situações agradáveis. Nunca é demais lembrar que somente pode reclamar do chefe quem tem trabalho. Que somente pode-se reclamar dos filhos porque eles estão lá. Ninguém sem família reclama das discussões em casa. Seja justo. Dois pesos, duas medidas...A idéia não é fechar os olhos para o que está fora do lugar, mas abri-los para perceber o que já está dentro do lugar. Experimentar a energia da gratidão ao pagar uma conta, porque se tem como pagá-la ou por estar preso no trânsito porque se tem um carro para estar ali é atitude muito mais lúcida do que cômoda. Ou você conhece alguém que é ingrato e é feliz? Eu não conheço ninguém assim.
    Boa parte da humanidade quer paz espiritual, crescer na carreira, prosperar justamente, uma boa saúde e uma família feliz. Mas o que muita gente não se dá conta é que já tem muito do que deseja, mas não dá o devido valor. Cuidado! Não é preciso que percamos o que nos é muito caro para aprendermos a valorizar o que já temos. É essencial passo a passo caminharmos rumo a novos progressos, sem perder de vista tudo o que já amealhamos. É como dizem os viajantes: o melhor da viagem não é chegar onde se quer, mas a viagem em si, sentindo aquela brisa gostosa batendo em nosso rosto enquanto temos consciência que estamos ali, viajando, desfrutando intensamente daquele momento. Sem dúvida, a gratidão-terapia é algo para refletirmos a respeito.

    Que você tenha um lindo e maravilhoso dia Antonio

    http://curiosidadesdoplantaterra.blogs.sapo.pt/

    http://oblogdasnoticias.blogspot.com/

    http://clikamigoss.blogspot.com/

    Agradecemos sua visita em nossos blog

    ResponderEliminar
  8. O AMOR PODE SER TUDO...E PODE SER NADA...DEPENDE DA INTENSIDADE DESSE MESMO AMOR

    BELO POEMA O TEU ,SEMPRE NO CAMINHO DA RIMA A CANTAR TANTAS VERDADES

    BEIJINHO E BOM FIM DE SEMANA

    ResponderEliminar
  9. olá Manzas!
    delicioso o teu poema, como sempre!
    O amor! Ai ke dizer deste sentimento tão intenso e que tanto faz doer!?
    Eu quero amar, amar perdidamente!
    Bom fim de semana amigo e um abracito
    maravilhosa a musica

    ResponderEliminar
  10. O amor é lindo mesmo, assim em forma de poesia.
    Porque na verdade o Amor é Utopia...

    Bjinhos!

    ResponderEliminar
  11. Destaque para:
    O amor pode ser falado ou ouvido
    Amado ou sofrido
    Vivido ou sentido
    Eu diria…
    Até… em forma de poesia!

    O amor é mais pura forma de poesia...
    Lindo poema!
    um abraço e ótimo final de semana

    ResponderEliminar
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  13. Como diz uma canção de Djavan:
    " O amor se instala, e fim."
    Abs

    ResponderEliminar
  14. Difícil entender o sonho da verdade, porque nem sempre distinguimos a essência reservada a nós.
    Um ótimo feriado e beijinhos!

    ResponderEliminar
  15. Quando o AMOR existe, a vida torna-se um poema!

    ResponderEliminar
  16. Linda poesia!!!!!!
    Adorei essa forma de poetisar o amor.

    ResponderEliminar
  17. Gostei imenso do seu blog...transmite poesia,tranquilidade,amor,tudo com simplicidade,mas que nos faz sentir bem.Será que posso adicioná-lo ao meu blog?

    http://caminhoeternafelicidade.blogspot.com
    Terei muito prazer em ter uma visita sua.

    Sónia

    ResponderEliminar
  18. Por escutar a voz de um coração
    Que deixa o silêncio falar…

    quando se consegue traduzir o que diz o coração do outro ,
    o olhar do outro ,seus gestos enfim...
    Isso é amor
    Quando servimos o outro
    emprestamos o peito
    Chamamos a realidade ou levamos a outros ares
    Isso tb é amor
    Quando se passa a noite acordado
    Alimentando o outro
    Falando,ou sofrendo calado
    Isso também é amor...
    porque a essência da vida é amor...
    e se ele não existir de alguma forma
    traduzido em gestos ,palavras ,canções ou poesias...
    Não valerá a pena existir

    ResponderEliminar

Um pensamento, uma reflexão,
um comentário …
Caloroso abraço de sua opinião
com sorriso de entusiasmo
de eterna Gratidão…