sexta-feira, 3 de abril de 2009

Portal da rocha… penedo do guincho!




O sol rasga os panos do horizonte
Em pacífico brilho de sua magnitude…
Cadenciado ondular que em mar bronze,
Excelsa beleza no marulhar da virtude!

A rocha na ânsia do dia, bebe sedenta do mar,
Firmada num profundo e desigual chão azul …
Cristalizadas águas reflectem o planar,
Das majestosas e imperais… gaivotas do sul!

Em imaculadas vagas de branca espuma,
Esbarram-se emoções no beijar às areias…
Conchas que se abrigam na sombra da bruma,
Salpicadas verdascas das marés cheias!

Dolente fica a velha e dura rocha
Agasalhada no seu perdido tempo…
Moldada pelas maresias, murmura na costa;
-Á beira-mar quero dançar, embalada ao vento!

Resignada, ali fica aprisionada num sonho
Acorrentada á espuma que em seu torno dança…
Saboreando das vagas azuis, mar que bate risonho,
Hospede de um velho penedo que ali descansa.

Abriga no tecto do seu portal, lembranças,
Queixas e desabafos de solitários pescadores …
Empresta sombra a homens, mulheres e crianças
Guarda secretos segredos… salpicos de amores!

Firme e ancorada em salgadas visões
Fixa olhares às estrelas que lá moram distantes…
Furta o luar á lua em noites de constelações,
Chapinhadas pelas caudas das sereias amantes.

Abres asas à imaginação, a quem por ti passa,
E alagas em mim, saudades que por ti sinto…
Revestes-te de magia na fina areia descalça,
Portal da rocha… penedo do guincho!

.

-Manzas-

103 comentários:

  1. Amizade é algo valioso, grande como o mar, onde se vê o principio e nunca o fim... Se buscares um amigo, não o busques perfeito, amigo esta sempre contigo, conhece teus predicados e o teu maior defeito, ele te aceita como és, somente um amigo... Amigo é aquele, que mesmo longe estará sempre presente, nas horas de desespero, da anciedade... Sabias? Das alegrias, das tristesas... Assim consiste a amizade... Pois um grande amigo, será como um irmão, que chora e ri contigo e sempre te estende a mão...
    obrigo pela visita e pelo poema adorei
    sempre amiga
    Princesa
    visita meu outro blog "MY ANGEL"
    beijos

    ResponderEliminar
  2. Atrás de tudo escondo-me na escuridão,
    Pois nada sou mesmo sonhando além,
    Não sinto paixão por um coração,
    Mas escrevo versos para alguém.

    Ocultamente minha alma se esconde,
    Por razões que não posso explicar,
    São motivos que não me faz diferente,
    Mas meu ser no silencio a de gritar.


    lindas palavras...amigo!

    ResponderEliminar
  3. Abres asas à imaginação, a quem por ti passa,
    E alagas em mim, saudades que por ti sinto…
    Revestes-te de magia na fina areia descalça,
    Manzas,
    que felicidade,poder ler este teu poema,tão rico! parabéns, saudade de teus comentários.
    Ótimo final de semana
    beijão,verde e amarelo

    Mari

    ResponderEliminar
  4. O mundo é composto de mudanças.
    Mudam-se os tempos mudam-se as vontades.

    Ninguém é perfeito, mas todos somos perfeitos, (grandes palavras de alguém que um dia morreu por toda a humanidade).

    Quando alguém tem dentro de si um enlevo de poder construir algo de bom para o mundo, esse alguém tem que ser elevado aos céus desta humanidade tão desenraizada que está da vida.

    Poder ser aquilo que se deseja, não é o mesmo que desejar ser aquilo que não se pode, mas a persistência de querer, e mostrar aquilo que de bom há em nós, é uma vitória na vida.

    Sejamos pois, persistentes, pacientes, sublimes e firmes que o dia da vitória chegará..

    Bom fim semana e que o querer não pare..

    ResponderEliminar
  5. CAOS


    No princípio era o caos.

    A água suja escorria
    pelas escadarias.

    A bandeira vermelha
    de sangue e terra.

    A nudez do homem
    ossos ao vento

    à espera da luz.

    Um abraço amigo,
    Brandão.

    ResponderEliminar
  6. Muchas gracias por tus palabras.
    Un saludo desde la ciudad de Mar del Plata,Shalom

    ResponderEliminar
  7. Vim ler voc6e, e como sempre versos significativos, e também deixar para você
    e todos os seus uma:

    FELIZ PÁSCOA 2009
    Efigênia Coutinho

    ResponderEliminar
  8. Boa tarde menino poeta!
    Que desenha letras ao vento...
    Dei asas a minha imaginação e aqui aportei...
    EM TEU PORTAL DA ROCHA!

    Quando voa o pensamento...
    Nada peço ao Sol que me ilumina...
    Apenas danço desarmada...
    Entre nuvens e estrelas...


    Traçando um novo caminho...
    Escolho sempre o que haja...
    Novas e velhas amizades...
    Pra apreciar a tua poesia...

    Bjs na alma poeta querido!
    Um mágico final de semana!
    Bjssss na alma!

    ResponderEliminar
  9. MUCHAS GRACIAS
    POR TUS BELLAS
    PALABRAS PLASMADAS
    EN EL ALMA LIENZO BLANCO
    DE MI LUNA
    ES UN PRIVILEGIO
    TU VISITA
    LAS PUERTAS ESTAN ABIERTAS
    PARA CUANDO QUIERAS VOLVER

    UN BESO INMENSO
    Y GRACIAS MUCHAS GRACIAS

    LuNa

    ResponderEliminar
  10. Belo poema..como todos que ja li aqui..
    Abraços otimo final de semana

    ResponderEliminar
  11. Olá amigo obrigada pela visita e pelo belo poema,este seu espaço é muito lindo e com certeza voltarei, deixo o meu Award com carinho, se você quiser, ah! tenho um outro blog de poesias onde posto poesias dos amigos, posso levar uma? Bjus é um lindo final de semana.
    poesiaspossi.blogspot.com

    ResponderEliminar
  12. Lindo poema...

    Bjos sumido, bjos no coração!

    ResponderEliminar
  13. Ah, estou linkada com meu outro blog!

    Bjos!

    ResponderEliminar
  14. Uma beleza de poema,rico,bem elaborado,merecedor de muitos aplausos!!!

    Seu blog é um luxo!!!Cuidado,com um visual incrivel,digno do poeta que o usa!!!

    Vou levar o seu selo!

    Beijo!Sonia Regina.

    ResponderEliminar
  15. Manzas,

    Obrigadopelo convite para me adentrar ao portal.

    Gostei e certamente voltarei.

    Um abraço!
    Alcides

    ResponderEliminar
  16. E no momento em que a água não mais é do que espuma...
    No momento em que toda essa espuma cabe num beijo teu...
    No segundo em que de mim te aproximas, sinto, nos teus doces e audazes olhos, uma vontade de algo mais...
    Vontade de que a ele me encoste, tão quente e tão nua...
    Vontade que me insinue a ti, num único gesto de desejo, e no mento em que a espuma me envolve com leveza, sinto-me insustentavél lágrima perdida, num oceaono de musas encantadas, de mil notas e escalas musicais, em que o meu abrigo, será sempre um só abraço teu...
    Vem espuma, vem perdida nesse jeito tão teu, cai e desfaz perante meus pés a tua saliva...vem abraça-me perto dessa grande rocha, que me fere a palma da mão, enquanto de costas me tomas como algo tão só teu...

    beijinhos, e obrigada
    Liliana

    ResponderEliminar
  17. Moisés, adorei sua visita, e fiquei feliz por ser meu seguidor.
    Encontrei seu blog, adorei os poemas, se me permitir, colocarei seu endereço do blog nos meus mais preferidos que se encontram na barra lateral do Atelier das poesias. Ok?
    Voltarei mais vezes.
    Beijinhos de luzes!

    ResponderEliminar
  18. Caro Manzas
    Obrigada pela tua visita ao "Histórias de Encantar". Gostei tanto de te ver lá...

    Este teu poema é maravilhoso. Eu sou apaixonada pelo mar e tudo que lhe diz respeito.
    Portanto, toda a poesia que se refere ao mar, à partida eu gosto. Mas este teu poema é excepcionalmente bom.
    Parabéns!

    Bom fim de semana

    Beijinhos
    Mariazita

    ResponderEliminar
  19. Agradeço a visita Manzas...

    Um belo final de semana para você!

    ResponderEliminar
  20. Meu amigo... Apenas passo pra lhe desejar um ótimo fim de semana!!!!

    abraços!!!

    ResponderEliminar
  21. Oi Moisés!
    Obrigada pela visita ao Ambiente de Luz e pelo lindo poema.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  22. Adorei o seu blog, seus textos...

    sensibilidade sempre me encanta....

    volte sempre!!


    Beijosss

    ResponderEliminar
  23. Este poema de encantos mil, transporta-me para o mais quente lugar, sentada num colo de amor!
    As tuas palavras são sempre agradavelmente lidas!
    Beijinho terno!

    ResponderEliminar
  24. Bom fim de semana. Ficarei por aqui... os meus anjos não me deixam regressar...

    ResponderEliminar
  25. O mar se entrega à rocha sem receios
    e a cobre com espuma virginal.
    E lhe acarinha todos os permeios,
    e a ama, como nunca amou igual.

    Lhe conta dos seus mais sutis anseios,
    lhe fala desse amor, já outonal...
    E a cerca com seus mil e um meneios...
    E lhe oferece todo o seu caudal.

    Porém, sempre centrada em sua essência,
    ela não se permite a experiência
    de se entregar aos braços desse amor.

    E perde um oceano de venturas,
    e mais e mais conhece as amarguras,
    de quem jamais permite su'alma expor!

    Bom e doce final de semana!

    Beijo

    ResponderEliminar
  26. Ola Manzas
    Gostei do teu blog, da tua escrita, dos teus pensamenos... e depois este penedo deixa-me saudades de "bons e velhos tempos" vivi por aí ...- adorei vistar-te

    abraços

    ResponderEliminar
  27. Caro Manzas que bom que voltaste!Que rico poema!Fico sempre impressionada com a riqueza de palavras que aqui encontro.
    Bom fim de semana e um abraço!

    ResponderEliminar
  28. Empresta sombra a homens, mulheres e crianças
    Guarda secretos segredos… salpicos de amores!

    !!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Abrigo!

    ResponderEliminar
  29. Manzas siempre espero tus poemas de fin de semana.
    Estoy entrando poco a la computadora pues me dedico a pintar más.
    Me fascina el mar así que soñaré con tu fotografía así como lo deseas en tu escrito.
    Un fuerte abrazo y muy buen fin de semana para ti y familia Marta

    ResponderEliminar
  30. _______________________________________

    Um belo poema!!!

    Beijos de luz e o meu carinho...

    ___________________________________________

    ResponderEliminar
  31. Amigo!!! Que bom que voltou... adorei ler seu comentário no meu cantinho hoje!!
    Muito lindo e profundo este poema, como sempre, recheado de sentimentos!
    Um grande beijo!

    ResponderEliminar
  32. Amigo Manzas

    O guincho, é um local fabuloso. Curiosamente, nunca lá estive. Conheço através de diversas reportagens feitas nesse belíssimo local.

    Mas um dia destes visitarei esse belo sítio.

    Bom fim de semana!

    Abraço fraterno

    Mário

    ResponderEliminar
  33. É disso que falo: a tal intimidade com as palavras.

    Passarei a vir aqui =D
    Um ótimo fim de semana

    ResponderEliminar
  34. Nas terras de Camões, não podia ser direferente agora; como sempre um grande poeta surge a cada dia. Obrigado poeta, pela poesia(comentário) postada em meu pobre espaço. Foi com grande alegria poder contar com tamanha gentileza de sua parte. Muito obrigado mesmo, e apareça sempre que puder. Deixou-me orgulhoso com sua nobre visita.

    Gostaria de convida-lo a conhecer meu Blog principal: http://kidureza.blogspot.com

    Abraço e um excelente final de semana.

    ResponderEliminar
  35. Imagem impressionante! Esta luz ao fundo! Portal que transpomos ao amanhecer, quando o sol rompe a a escuridão.
    Um beijo pra ti, amigo

    ResponderEliminar
  36. OLÁ MOISÉS,SOU MAGNUN,DE GOIÂNIA,BRASIL,SOU IRMÃO DA ANA MARIA,QUE TAMBEM FAZ POESIAS EM SEU BLOG,PASSEI POR AQUI,PRA TE DESEJAR SORTE,MEU BLOG É MAGNUNEASPALAVRAS.BLOGSPOT.COM(alem das palavras).
    magnun, aquele que nasceu no dia da bomba atomica

    ResponderEliminar
  37. Manzas meu amigo que elas as sábias palavras nunca lhe faltem á todos completando, como sempre meu grande abraço do Brasil.

    ResponderEliminar
  38. Olá, amigo!

    Então as suas diligências com as editoras?

    Nada me disse se tinha falado com a Edium..

    Um abraço

    ResponderEliminar
  39. Olá Manzas - adorei esse poema -É mto bom corrermos atrás das palavras, e delas surgirem uma história, onde podemos imaginar, sonhar, viver cada frase, cada verso!
    Abraços.
    Waleria.

    ResponderEliminar
  40. Em mar cinza
    de chumbo fez-se o destino
    rasgo negro nanquim do galho
    de forquilha talho seco
    Mais ali a rocha imensa e fria
    esfinge
    O olho pulsa entre o céu e a terra
    rasgo rente ao chão
    areia de deserto
    ìnfimo grão
    Só meu peito é leito
    mar
    ouro inverso

    Até,

    Cris

    ResponderEliminar
  41. Parabéns, a cada poema você se supera!
    Um abraço e votos de um lindo final de semana.

    ResponderEliminar
  42. valeu brou ! linda prosa


    www.myspace.com/freakoutmuzik


    dj cheech

    mixtape21.com

    ResponderEliminar
  43. www.mixtape21.com


    conheça!


    dj cheech

    ResponderEliminar
  44. Magnífico canto à natureza!

    Uma excelente homenagem ao mar, aos aromas, ao envolvimento poético que o mar condiciona e propicia a quem tem alma de artista!

    Lindo poema, sem dúvidas.

    Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  45. olá Manzas
    obrigada pelas suas visitas é um orgulho para mim ler os seus comentários, pois cada um dava um post e de muita qualidade.
    Sabe eu acho que não é poeta quem quer, mas sim quem pode. como tudo na vida, mas no seu caso além de escrever poesia muito boa, também pertence aos neo-realistas e issi sim são casos muito raros, mas felizmente existem alguns, por isso se diferençam dos outros não só são bons como são diferentes.
    Mas e já que teve essa benção explore os seus sentimentos, sem reservas e ouse sempre dizer tudo o que pensa, pois há muita riqueza na sua maneira de ser.
    Eu não sou suspeita, pois de poeta nada tenho e não entro em competições, sou uma simples amante das artes.
    Um abraço de amizade

    ResponderEliminar
  46. Admiro que consegue aliar a fotografia à poesia escrita.
    Por mim vou começando a fazer fotografia em que procuro encontrar alguma poesia. Será que o vou conseguindo?
    Um abraço, parabéns pelo seu blogue e obrigado pela visita e comentário deixado no meu.

    ResponderEliminar
  47. Deixar fluir a imaginação é tudo o que há de melhor, quando usada a integligência para o bem!
    Beijo!

    ResponderEliminar
  48. Lindo poema Manzas, é deixar a imaginação fluir em tão belo sentir.

    ótimo fds prá vc!

    ResponderEliminar
  49. Já estou a subir o penedo e a descer o guincho...
    Bom fim de semana para si..

    ResponderEliminar
  50. Sol! A presença vibrante
    na luz dos portais,
    é uma prova bem marcante
    da existência de Deus.

    Bom fim de semana, abraço

    ResponderEliminar
  51. boas Móises... antes de falar do texto.....
    queria te dar os parabens...pela Magnifica Foto....que aqui colocaste-----mesmo sem ler o texto.....ela dá sensacao de saudade......de tempos infinidos que por ali passaram ........
    Se esse penedo fala-se...... devia ter muitas historias para contar..umas tristes outras felizes..penso que Tu proprio...és testemunha disso ...e so por o teres sido..... conseguiste fazer este belo poema...

    acabas de uma forma soberba.....dando ao mar..
    a praia e ao areal.....as historias que eles escondem.........

    um abraco... bom fim de semana.......
    fica bem
    Rui

    ResponderEliminar
  52. Manza e suas poesias encantadoras...beijos!

    ResponderEliminar
  53. Lindo poema...
    Tenha um bom fim de semana..

    abraços...

    ResponderEliminar
  54. Manzas,
    Acho que a cada dia teus poemas são mais bonitos...parabéns e obrigado por me linkar no blog.
    bj

    ResponderEliminar
  55. Gosto do mar e dos penedos
    Gosto do azul do ondear
    Gosto de desvendar os segredos
    Gosto de te ler a rimar!!!

    Gostei, poeta!

    Um beijo

    ResponderEliminar
  56. Linda essa praia,
    lindo o penedo, que tão bem conheço
    com lindo é o teu poema
    beijos

    ResponderEliminar
  57. Un poema que transporta a tus mares, a tus rocas, a tus sentimientos que estallan entre las rompientes de tu alma y nos los entregás con el desinterés de los grandes.
    ¡Hermoso, Manzas!
    Besos.

    ResponderEliminar
  58. Perfeito o casamento da imagem com o poema!

    Seu bog é lindo.

    ResponderEliminar
  59. Excelente imagem muito bem acompanhada ...!

    Parabéns Moisés pelo espaço poético ...!

    Um BOM FDS!
    Um Abraço da M&M & Cª!

    ResponderEliminar
  60. A poesia é do melhor que podemos ter.
    E escrever poesia ainda melhor...


    deixo com um beijo...



    Apetece-me


    Apetece-me escrever
    Dizer muita, muita coisa
    Disparates talvez...
    Mas mesmo assim...
    Vou escrevendo o que penso
    Vou escrever o que quero
    E talvez até o disparate
    Que eu possa escrever
    Tenha algo de verdade...



    LILI LARANJO

    ResponderEliminar
  61. Manzas...
    Como sempre,uma linda poesia para colorir o dia.
    Beijos e lindo fds
    Nega

    ResponderEliminar
  62. Que vontade de ver o mar!!!

    Palavras lindas e meigas...

    Beijos ********

    ResponderEliminar
  63. agradeço-lhe a sua visita ao meu blogue. Felicito-o por este espaço de um extremo bom gosto... felicito-o igualmente pela Grande mensagem que está subjacente a este seu trabalho. Como é evidente terei de voltar e ver com mais cuidado, de qualquer modo fui logo baleado por um aforismo que me fez lembrar
    a Mary Renault e o seu "jovem persa", mais concretamente um diálogo entre o jovem eunuco Bagoas e Alexandre... tb aqui se diz que todo o "amor suficiente" deve ser "um amor em excesso". Os meus sinceros agradecimentos.

    ResponderEliminar
  64. Adentrei por acaso e resolvi ficar
    Em meios as tuas palavras a emoção me acometeu .
    Beijos
    Dry

    ResponderEliminar
  65. Magnífico pela sensibilidade e composição poética. Lindo, suave e terno.


    Um beijo.

    ResponderEliminar
  66. Obrigado pela sua visita ao meu blog, estou iniciando uma nova etapa. Seus poemas são lindos, parabéns.BJS.

    ResponderEliminar
  67. Assim como o amor, a natureza nos
    dá belas surpresas.
    Ótimo domingo.
    bj

    ResponderEliminar
  68. Que foto e poema soberbos!
    Bom domingo!
    Beijos prometidos

    ResponderEliminar
  69. Manzas?

    Suas palavras se fazem tão profundamente, que fico aqui a sorrir.
    E a te apaludir de pé. Parabéns!

    Beijos!

    ResponderEliminar
  70. *
    tens o mar
    sempre presente,
    ,
    gostei de ler-te,
    ,
    um abraço,
    ,

    ResponderEliminar
  71. Excelente ...


    Poema que me sabe a mar
    daquele que trago na saudade.
    Maré de azul a marulhar
    que ne afasta da ansiedade..


    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  72. Passando para a "manutenção" de nossa amizade!!
    E tenha certeza que o faço com o maior carinho.
    Hoje, quero só agradecer, pelo seu carinho,
    por vc estar aqui , por estar na minha vida
    e me deixar de alguma forma fazer parte da sua.
    Ter amigos é a melhor cumplicidade!
    Sabe de uma coisa?
    Sou feliz!
    Porque abençoados os que possuem amigos.
    Fica com Papai do céu, Manzas.
    Um final de domingo fantástico.
    Meu carinho, sempre.

    ResponderEliminar
  73. O vento soprou
    Tão doce e sereno
    Tocou-me ao de leve
    Girou sentimentos
    Dormentes, silentes
    Que em vôo rasante
    Tocaram o chão.
    O fundo da alma
    fez-se de cor de ouro
    Castanho ou laranja
    Deu frutos já secos
    De um doce amargo
    Surgiu o Outono
    No meu coração.
    (Lique, 2004)

    Uma boa semana, plena de amor e carinho
    Eduardo Poisl

    ResponderEliminar
  74. Muito bom e foto nagnifica...tudo de bom

    ResponderEliminar
  75. Amigo Moisés maravilha de trabalho, cada vez que volto neste espaço, fico muito feliz, vejo um ótimo trabalho desenvolvido, belos versos e lindo poema, genuíno, muito interessante! Parabéns. Que beleza de trabalho! São Francisco de Assis costumava dizer; "Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você estará fazendo o impossível." Por isso considero a vida uma oportunidade impar. Cada pessoa que passa em nossa vida não passa sozinha, por ser única, deixa um pedaço de si e leva um pedaço de nós. Quero de coração agradecer sua bondade e gentileza por; visitar-me, deixar um belo comentário; agradeço de coração sua generosidade. Encontraremo-nos sempre por aqui. Obrigadooo!!! Tb quero desejar um feliz e divertido fim de semana. Muito brilho, sucesso e paz. Fique com Deus.
    Volte sempre!
    Valdemir Reis

    ResponderEliminar
  76. O meu corpo espalha incêndios.

    Estou certo de que não terás mais
    de viver comigo ou com o que resta de mim.
    Deixo-me adormecer durante horas para
    que saibas que me afasto a passos largos,
    com sombras por detrás.

    O meu corpo, por onde quer que vá,
    espalha incêndios que não me recordo
    como apagar - pensar que um fogo assim se
    alimenta cresce reproduz-se e morre

    e que nada mais deixa a pedir.

    Para que hoje eu entre pela porta
    bastará que os nossos corpos se encontrem
    num lugar onde não vou dizer.

    Chegarás, por teu pé, aonde os velhos descansam
    e onde cicatrizes rolam pelo corpo
    e pela consciência.

    Com o tempo, o que não aprendeste
    quando nasceste torna-se inerente a ti, torna-se
    um braço, uma mão, um dedo que se estende
    na memória e que aponta no mapa da cidade
    a casa

    as paredes e o soalho

    as prisões os âmagos de quem partiu de
    lá - como nós.

    E por hoje, fico com fome.
    Pelos caminhos as fogueiras como pequenos faróis
    no nevoeiro que levanto ao caminhar

    enquanto que os meus pés se tornam
    rasgos na estrada e eu me dilúo na multidão
    para ser escrito.

    E um jovem toca-me no ombro e então
    desperto e estou próximo a dois passos
    do que deixei para trás.
    Sérgio Xarepe

    ResponderEliminar
  77. Encantador!
    Boa semana para ti, com muita luz.
    bjs

    ResponderEliminar
  78. belas estas palavras
    beijos e boa semana

    ResponderEliminar
  79. Manzas,
    que você tenha uma Feliz Páscoa!
    Um forte abraço!

    ResponderEliminar
  80. Olá nobre pensador!
    Que as sábias e belas palavras estejam sempre presentes, não apenas hoje...mas todos os dias de tua existência!
    Feliz semana...recheada de muita paz e amor.
    ;)

    ResponderEliminar
  81. Manzas,

    Não só agradeço pela visita como ressalto o quanto admirei seu comentário.
    Enriqueceu meu post, a ponto de eu avaliar com a seguinte constatação: O comentário é melhor do que o próprio post.
    Grande e forte abraço,

    ResponderEliminar
  82. gostei de seu blog parabens quando der visite o meu www.palavrasarteblablabla.blogspot.com

    ResponderEliminar
  83. Algures o sonho ganha forma
    Gerado na fé de uma criança
    Algures a maré deixa a descoberto
    Uma estrela-do-mar que ela alcança

    Terras, mares, o voo de uma gaivota
    O aroma suave de camélia singela
    Uma folha de incenso solta do ramo
    Um espelho que te outorga a mais bela

    Boa Páscoa

    Abraço

    ResponderEliminar
  84. Manzas...
    cada dia é uma oportunidade nova para o aprendizado!
    Imagino que esse lugar da imagem tenha história!
    Tem um lugar aqui em Belo Horizonte, que é o meu preferido para ir quando quero refletir...
    De lá vejo grande parte da cidade... e os pensamentos parecem ganhar vida!
    Saiba que é muito bom abrir minha página
    de recados e lá encontrar as suas palavras.
    Obrigada por seu carinho!
    Tenha uma excelente semana!
    Beijos

    ResponderEliminar
  85. Tá tudoa tão lindo... vc está arrasando nas fotos! Passando para te desejar uma excelente semana! bjinhos da Madrasta!

    ResponderEliminar
  86. Mansas!

    Excelente texto!

    Ótima semana.
    Bjs,
    Amanda.

    ResponderEliminar
  87. Belíssimo poema, belíssima imagem.
    Excelente seu blog!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  88. "Abriga no tecto do seu portal, lembranças,
    Queixas e desabafos de solitários pescadores …
    Empresta sombra a homens, mulheres e crianças
    Guarda secretos segredos… salpicos de amores!"...genial adorei

    um abraço

    ResponderEliminar
  89. Lindo poema! Linda foto! Lindas lembrancas!
    Este é um blog de qualidade!
    abracos!

    ResponderEliminar
  90. Meu caro Manzas
    Hoje venho do Lírios, agradecer a tua visita e informar que amanhã, por ser TERÇA-FEIRA, há novo post.
    Espero-te lá, e também espero que gostes...

    Uma noite feliz.

    Beijinhos
    Mariazita

    ResponderEliminar
  91. Oiiii! Meu blog mudou!
    Agora é esse aqui: www.peripeciasdatatah.blogspot.com

    Obrigada a todos que NUNCA me abandonaram e estiveram do meu lado mesmo depois do meu afastamento!
    Quem me acompanhava, peço que acompanhem no outro e saiam do antigo tá?

    e agora.. VAMO QUE VAMOOO que eu to de volta!
    beeeijo

    ResponderEliminar
  92. Mais um dia...
    Ainda estás em mim
    Sentimento que judia
    Queres que eu morra assim?

    ResponderEliminar
  93. _??___??
    _??___??_________????
    _??___??_______??___????
    _??__??_______?___??___??
    __??__?______?__??__???__??
    ___??__?____?__??_____??__?_____
    ____??_??__??_??________??
    ____??___??__??
    ___?___________?
    __?_____________?
    _?____?_____?____?
    _?____/___@__\\___?
    _?____\\__/?\\__/___?
    ___?_____W_____?
    _____??_____??
    _______?????
    Um abraço com votos de uma Santa Páscoa.

    ResponderEliminar
  94. Olá passei para te desejar uma feliz Páscoa.
    bjs naty e carlos

    ResponderEliminar
  95. Olá Manzas:
    O encanto do mar... e o seu enamoramento com as rochas... e a tua sensibilidade poética num grande poema!
    Boa Páscoa!
    Beijos

    ResponderEliminar
  96. Belíssim poesia, Manzas!

    Você tem a alma na ponta dos dedos.

    Beijos,

    Inês

    ResponderEliminar

Um pensamento, uma reflexão,
um comentário …
Caloroso abraço de sua opinião
com sorriso de entusiasmo
de eterna Gratidão…