sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Taberna do cais seguro


Velha tasca encantada de velhos lobos-do-mar
Que no fundo de um copo buscam recordações…
Lembranças chegadas em travos de amargar
Em goles de negro vinho aquecendo corações

Debruçados ao leme na proa do balcão
Navegam mares e oceanos encrespados…
Atracam firmes redes em malhas da ilusão
Perdem o norte em balanços desordenados

Pescadores solitários, capitães das águas vivas
Marujos das batalhas em noites de tempestades…
Emborcam mágoas fundeadas em feridas
Nos seus cascos frágeis, embarcam as saudades

Mestres timoneiros, homens duros de barba rija
Contam histórias em memória dos tempos esquecidos...
Tempestades, temporais em salgada alma frígida
Agasalhados em contos, chorando os perdidos

Vogando nas visões de mãos calejadas pelo frio
Tremores de renitentes vozes do melhor ser…
Gritam mudos nos olhos abrilhantados no desafio
Num ranger de dentes para nunca o esquecer

Em risadas choram gigantescos feitos históricos
Atracam ânimos em portos de abrigo escuro...
Na popa da solidão arrastam fés de fantasmas Insólitos
Segredos guardados na Taberna do cais seguro
.
-Manzas-

35 comentários:

  1. Nossa!! É muito bom ler você...
    Um grande beijo!
    Eu (Elida)

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. E á coisa mais maravilhosa que ser um lobo do mar???
    Passei te desejando um lindo fim de semana e deixar-te um recadinho...
    "Não á uma altura ideal para partir...Parte,simplesente e continua a viver e a amar.Não tens tempo para sempre..."
    Beijinho prteado

    SOL

    ResponderEliminar
  4. Oi,
    Gosto sempre de conhecer blogs, geralmente escolho pelos comentários nos outros blogs, mas vou confessar algo. Escolhi o seu pela sua foto. Estava no blog da Mai, olhei sua foto e pensei: que fofinho. E cliquei. Não é nenhum tipo de assédio. Realmente bonito. O blog todo. Os poemas. Os pensamentos desde a abertura do blog e os da lateral. A definição dos livros que gosta de ler me encantou.

    Um blog muito bonito, inspiração e criatividade em cada cantinho. Adorei.

    E mais um português rsrsr

    abraços, parabéns.

    ResponderEliminar
  5. Façam tardes as manhãs
    Façam artes os artistas
    Faça parte da maçã
    A condenação prevista
    Façam chuvas os Xamãs
    Façam danças as coristas
    Façam votos que esta corda
    Não sabote o equilibrista

    Façam Beatles "For No One"
    Faça o povo a justiça
    Faça amor o tempo todo
    Que amor não desperdiça
    Faça votos pra alegria
    Faça com que todo dia
    Seja um dia de domingo

    Façam tardes as manhãs
    Façam artes os artistas
    Faça parte da maçã
    A condenação prevista

    Façam Beatles "For No One"
    Faça o povo a justiça
    Faça amor o tempo todo
    Que amor não desperdiça
    Faça votos pra alegria
    Faça com que todo dia
    Seja um dia de domingo

    (Osvaldo Montenegro)

    Votos de um lindo final de semana
    Um abraço

    ResponderEliminar
  6. Quem não deseja um cais , um porto seguro depois de árduos dias de labuta em oceanos encrespados???
    É tão bom sentirmo-nos em casa, aqui a ler o que escreves sinto-me em casa.

    diverte-te no fim de semana com os teus cais seguros :)

    ResponderEliminar
  7. Esse teu poema está especialmente belo, Manzas.
    Um tema muito bem escolhido e muito bem desenvolvido.
    Parabéns e um grande abraço.

    ResponderEliminar
  8. Os verdadeiros lobos do mar vivem árduas vidas, cheias de perigos e de aventuras, mas uma vez dispensados, só têm essas memórias, que preenchem as suas horas, na companhia de um copo de vinho carrascão. Foram outros e voltaram outros: mais sábios, mais experientes, mais sofridos.

    Continuação de muita inspiração.

    ResponderEliminar
  9. por vezes olhamos mais para o passado que para a frente...

    ResponderEliminar
  10. Um olhar aprofundado na maestria da beleza de um mar de ilusões.

    Adorei te conhecer.

    bjos e ótimo fds prá vc...Izinha

    http://magicoolhar.blogspot.com

    ResponderEliminar
  11. Gosto muito de ler os teus textos pois sao reais e com sentimentos. Quantos segredos nao estarao guardados nessas tabernas???
    Beijo de lua e bom fim semana

    ResponderEliminar
  12. Ei!
    Mt bom seu blog hein!
    mt coisa boa p/ se ler aqui!
    Então... Acho que era tudo muito intenso para esses lobos do mar! Toda tristeza, todas as paixões, eram algo que se multiplicavam dez vezes as léguas que navegavam!
    mt bom msm o poemas!
    açs!

    ResponderEliminar
  13. Essa não é história de pescador... rsrsr, é um belo poema!

    Bjos

    ResponderEliminar
  14. Gostei muito deste teu poema.

    Bom domingo.

    Bjs

    ResponderEliminar
  15. quantas vezes antes de chegarem a porto seguro, tem de superar muitas tempestades
    Bj

    ResponderEliminar
  16. Olá, é minha primeira visitinha ao seu blog!
    Estou gostando de tudo aqui, esse texto é fantástico e nos faz viajar pra bem longe.
    Não existe foto mais adequada pra essa mensagem.

    Beijos e bom final de semana... vou acompanhá-lo!

    ResponderEliminar
  17. O AMOR
    Amo o amor que se reparte
    em beijos, leito e pão.
    Amor que pode ser eterno
    mas pode ser fugaz.
    Amor que se quer liberar
    para seguir amando.
    Amor divinizado que vem vindo
    Amor divinizado que se vai.

    Pablo Neruda

    Passei para desejar-lhe um domingo e uma semana cheio de amor e felicidade.
    Abraços

    ResponderEliminar
  18. nao conhecia o teu cantinho...um espaço muito bonito e cheio de fotos explendidas! sem falar nas poesias que sao serenas e cheias de verdade!
    parabens!

    ResponderEliminar
  19. adorei!
    sabes q enquanto li o poema chegou-me o cheiro a mar em mescla de rude vinho :)
    um bj

    ResponderEliminar
  20. Gostaria que lesses o texto escrito no meu blog" Bem escrever". Esse texto foi provocado pela leitura da tua escrita.

    ResponderEliminar
  21. Amigo Moisés,

    muito bom poema! Seu blog tem um imã que nos faz querer vir mais e mais vezes, sem dúvida é
    a magia das palavras e fotos belíssimas!

    tenha uma excelente semana pela frente!


    beijo estelar*

    ResponderEliminar
  22. Lindo e triste esse poema, os filmes sempre passam a imagem de homens durões e no fundo não passam de sofredores dos mares.

    Ótima tarde e uma maravilhosa semana

    Bjss

    ResponderEliminar
  23. Belo Poema, ricos versos tão bem concatenados.

    Abraços e que tenhas um domingo de paz.

    ResponderEliminar
  24. A história contada eplos mares, pelos medos e heróis feitos de noites escuras onde a imensidão da água era o único destino. História na sua poesia linda e tocante.
    beijo
    ..................Cris Animal

    ResponderEliminar
  25. Olá meu novo amiguinho... quem não quer um porto seguro eles ainda mais para os Lobos-do-mar... meu anjo agradeço a indicação estarei postanto na proxima semana o "MEME".. beijinhos e um lindo inicio de semana...

    ResponderEliminar
  26. Um grande poema que acabei de ler!

    As tabernas sempre foram locais onde se enganam as tristezas da vida...

    Se houvesse uma escala de pontuação neste poema, dava-lhe nota 20.

    Beijo

    ResponderEliminar
  27. mas ainda há "cais seguros" neste país?



    .
    um beijo

    ResponderEliminar
  28. *
    ouço o vinho nas gargantas,
    e as vozes roucas de mar,
    nas tabernas, fóruns maritimos,
    janelas viradas ao mar,
    onde vejo os meus avós,
    com as barbas do respeito,
    brancas como a alva espuma,
    em cada onda espraiada . . .
    ,
    grato pela partilha, manzas,
    um abraço deixo,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  29. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  30. Poesia forte !
    É incrível como guardamos o
    mundo nos olhos...
    bela frase.
    Manzas,
    tem um selo pra você no
    meu blog.
    Beijão e grande semana

    ResponderEliminar
  31. Cheguei ao teu blog por acaso,lindos poemas, belos pensamentos. Gostei, tomei a liberdade de segui-lo.
    abraços

    ResponderEliminar

Um pensamento, uma reflexão,
um comentário …
Caloroso abraço de sua opinião
com sorriso de entusiasmo
de eterna Gratidão…