quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Chamar por ti...




A noite adormecia na madrugada
Onde o silêncio sonegava a neblina…
Os charcos se agasalhavam na manta geada
Onde se espelhava a tua imagem cristalina

O bosque verdejante ocultava o teu odor
E as árvores enraizavam-se em tristezas…
No desassossego, margeava rios de amor
Farejando-te nos trilhos das incertezas

Bebi da escuridão a sede de te encontrar
Afincando garras nas tuas pegadas…
Com olhos selvagens fixei-me no teu olhar
Furtando o brilho das estrelas elevadas

Temido por uns e por outros, odiado
Percorri de corpo agastado, florestas tremendas…
No bordado território de terreno pesado
Uivava ventanias trazidas em tormentas

Nos atalhos da bruma em terra insondada
Insubmisso, galguei cercas para te acoitar…
Á distância, abalas de mim na enseada
Encovadas esperanças de te encontrar

Na floresta do mundo acenderei o fogo
E seguirei o teu rasto até ao fim…
Quando ouvires alto, o uivo de um lobo
Lembra-te! … Sou eu a chamar por ti

.
-MANZAS-

95 comentários:

  1. "Na floresta do mundo acenderei o fogo
    E seguirei o teu rasto até ao fim…
    Quando ouvires alto, o uivo de um lobo
    Lembra-te! … Sou eu a chamar por ti"

    Lindo poema!

    Seguir o rastro de quem se ama até o fim é caminhar em direção ao paraíso!

    Bjs :)

    ResponderEliminar
  2. "Bebi da escuridão a sede de te encontrar..."
    Manzas, é dificil escolher um... Mas esse, em particular, é um dos mais lindos que vejo por aqui...
    E essa foto, complementa o poema de tal forma, que dá vontade de uivar tb...rsrsrsr
    Afinal sou uma Loba!!!!!!!!


    Beijo avassalador!

    ResponderEliminar
  3. Que texto lindo!

    Dá pra ouvir o lobo a uivar! E sentir todo o clima do lugar....adorei!

    Venha conhecer um pouco do meu trabalho, não escrevo, mas faço pinturas...

    Será um prazer receber tua visita.

    http://renatadutraarte.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Achei liindo,
    ainda mais porque sempre levei um encanto oculto e inexplicado por lobos, desde criancinha.

    Senti-me em uma floresta enquanto lia
    adorei

    beiijos

    ResponderEliminar
  5. Um poema cheio de imagens e sons.
    Curiosamente o cenário que poderia 'criar' um clima de tensão pelo suspense, provoca a sensação de um encontro breve.

    Muito bom.

    Carinho,

    Mai

    ResponderEliminar
  6. Sempre belas as tuas quadras. Adorei. Beijos.

    ResponderEliminar
  7. Talentoso Amigo:
    Realmente, o meu amigo maravilha.
    É admirável e de imensa significação o que refere com beleza e pureza. Um poema esclarecedor do que vai em si.
    Li com atenção o seu precioso poema feito com a sua enorme capacidade sentimental e o seu brilhantismo inigualável e profundo.
    Preenche nas atitudes, nos gestos, na sensatez e sobriedade muito apurada e lúcida, espalhando o bem-estar e alegria de viver por onde passa.
    Excelente!
    Possui um coração ENORME.

    Abraço forte de amizade e de imenso respeito pela preciosidade que é.
    Impressionado vivamente com o seu fabuloso talento e pela magia como decora os seus sentimentos de um ser humano fantástico...


    Peter pan/Pena

    Bem-Haja, amigo!

    ResponderEliminar
  8. ¡Apasionado poema! Leerte cada día es encontrar la esencia de tu alma, poeta del amor y de la luz.
    Un gran abrazo, amigo.

    ResponderEliminar
  9. Lindo poema...
    bebi na escuridão a sede de te encontrar..
    lindo mesmo.
    abraços

    ResponderEliminar
  10. Um poema cheio de instinto!
    beijinhos vindos dos universosquestionaveis

    ResponderEliminar
  11. Belissímo poema!

    Amigo não fique bravo comigo mas tem mais um selinho pra vc.

    beijooo.

    ResponderEliminar
  12. Lindo poema!
    Que a inspiração esteja sempre em teu caminho para nos presentear com tão belas palavras.
    ;)

    ResponderEliminar
  13. Isto sim é simplesmente amor!

    Quando a falta de alguém nos faz chamar, clamar, desesperar...
    Só a presença poderia nos acalmar.
    Mas a certeza de que um vive no outro de alguma forma, faz com que ambos possam um no outro apoiar.

    Lindo Manzas!
    Uma poesia maravilhosa!

    Um abraço carinhoso

    ResponderEliminar
  14. Manzas. estou encantada com o seu blog é lindo, e essa poesia então é de uma sensibilidade sem igual. Tudo nos conformes, das postagens aos textos. Adorei!
    E esse lobo uivando é um perigo, pois tenha certeza que a mulherada vai correndo atrás dele rsrsrsrs. Espero vê-lo no meu refúgio.

    Abraços.

    ResponderEliminar
  15. Encantador.
    Poético mesmo.
    Adorei a ultima parte.
    continue assim.

    ResponderEliminar
  16. "... Quando ouvires alto, o uivo de um lobo
    Lembra-te! … Sou eu a chamar por ti."

    Gostei ... simplesmente lindo :)

    ResponderEliminar
  17. Gostei da frase no topo do blog! Muito boa! Eu procuro fazer tudo diferente hoje! A cada dia!
    Beijos

    ResponderEliminar
  18. Passando rapidinho.....

    Tem um selinho para si no meu blog.

    É dado com muito carinho.

    Beijos...
    Dina

    ResponderEliminar
  19. A chama de ti
    ouço no teu gritar
    nestes versos bebi
    a seiva do teu uivar...!

    Lindo, Manzas

    beijinho

    ResponderEliminar
  20. QUERIDO MANZAS, QUEM QUIZER LER BOA POESIA VEM AQUI A ESTE CANTINHO AMIGO... SUBLIME POEMA...
    ADOREI MEU AMIGO... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
    FERNANDINHA

    ResponderEliminar
  21. Lindo poema,vagabundamente solitario e belo.
    Mas podes crer se ouvir o uivar de um lobo não vou ficar á espera se és tu hehehhehe

    beijo ;) vou linkar-te lá no meu blog com o teu selo

    ResponderEliminar
  22. cheio de beleza este chamamento
    beijos

    ResponderEliminar
  23. O uivo do lobo, a lenda, o mito, o chamamento ancestral do acasalamento, o desafio há lua, o mistério.
    Uma alma solitária e peregrina a do lobo, sempre em busca de novos territórios.
    As palavras já não chegam para descrever a magia do que encontro aqui. Estou Manzas-dependente rsrs.
    Parabéns amigo.
    Nely.

    ResponderEliminar
  24. Obrigado pelo selo, vou abrilhantar o meu blog com ele.
    É um previlégio.
    Beijinho de paz.

    ResponderEliminar
  25. Amigo Manzas!

    Sublime o teu poema!!!
    Quando ouvires o uivar do lobo,
    lenbra-te sou eu a chamar por ti.
    Adorei!!!

    Abraço

    Lourenço

    ResponderEliminar
  26. Manzas...

    Pelos passeios que já dei por aqui em silêncio, este é um dos que mais me encantou.
    Cada verso com o pincelar de uma saudade implícita, de um amor incontido, à espera.

    "Bebi da escuridão a sede de te encontrar" [Sempre vivemos nessa sede... e isso é que faz do amor, ser o que é, uma busca eterna...]

    Adorei.
    Deixo aqui meu beijo e meus parabéns pelo lindp texto.

    ResponderEliminar
  27. Bebi da escuridao a sede de te encontrar...
    simplesmente maravilhoso...
    Adorei teu espaço...
    virei fã...rs

    bjs

    ResponderEliminar
  28. Sem palavras!!!
    Quando ouvir um uivar na noite saberei que é ele.

    ResponderEliminar
  29. Aonde estou?? aonde estou??
    Ahh já sei. Acordei aqui, nessa floresta!


    Grande abraço!

    ResponderEliminar
  30. Geralmente tenho palavras para expressar o que sinto em qualquer situação. Mas depois de ler este poema, apenas ficou a palavra "Lindo" ecoando em minha mente. Mas o que senti está vivo, e é verdadeiro! =]

    ResponderEliminar
  31. Muito lindo, parabéns pela sensibilidade! bjinhos da Madrasta!

    ResponderEliminar
  32. Adorei o poema, muito lindo mesmo, você é dotado de uma sensibilidade incrivel!
    adoreei!

    Beijos!

    ResponderEliminar
  33. Que lindo!
    Que lindo todo o espaço.
    Obrigada por esses momentos.
    Um suave bater dasas.

    ResponderEliminar
  34. Andei por aqui e gostei: posso afirmar que muito.

    Um grande domínio da palavra, assim como a precisão no emprego da metáfora, concedendo-lhe elegância e precisão ao verso.
    Tudo isto com o adorno aveludado duma sensibilidade notória e esquisita.

    Aconselho-te que registes os teus poemas na propriedade intelectual de autores.

    Voltarei...

    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  35. Tu é um poeta mesmo.
    Um beijo de Viena

    ResponderEliminar
  36. ...Na floresta do mundo acenderei o fogo
    E seguirei o teu rasto até ao fim…
    Quando ouvires alto, o uivo de um lobo
    Lembra-te! … Sou eu a chamar por ti...

    Simplesmente lindo adorei

    BJS

    ResponderEliminar
  37. boas noites...Porque será que te chamas Moisés
    Qem te colocou esse nome..... deu-te logo um nome de Profecta...e defacto es o Profecta das
    palavras.. do amor.. porque tudo que escreves
    através de quadras sai tudo perfeito.....
    hoje dou-te os parabens amanha tambem e daqui por meses sei que te vou dar..
    Um abraco e muita sorte na tua Vida......
    dedica-te a escrita e vais vender os teus livros de poemas bem ........
    Rui

    ResponderEliminar
  38. " ...Sem duvida , nome de Profecta mesmo , mas fica-lhe bem ..."

    Querido amigo Manzas deixei-te um desafio em Laços De Amor , desculpa o atraso o tempo nao me da para tudo beijos bom fim de semana

    ResponderEliminar
  39. Manzas: embora todo ele belo, valeria so por estas duas estrofes:

    *Nos atalhos da bruma em terra insondada
    Insubmisso, galguei cercas para te acoitar…
    Á distância, abalas de mim na enseada
    Encovadas esperanças de te encontrar

    *Na floresta do mundo acenderei o fogo
    E seguirei o teu rasto até ao fim…
    Quando ouvires alto, o uivo de um lobo
    Lembra-te! … Sou eu a chamar por ti

    Chama sempre :)

    Abraço

    ResponderEliminar
  40. Olá Manzas,
    Belo poema...
    "Bebi da escuridão a sede de te encontrar
    Afincando garras nas tuas pegadas…
    Com olhos selvagens fixei-me no teu olhar
    Furtando o brilho das estrelas elevadas"
    Achei muito profundo, adorei.
    Que vc tenha uma boa tarde.
    Um abraço pra vc

    ResponderEliminar
  41. ...estou levando comigo
    o selinho da tua casa
    de poesia.

    obrigada pelo presente.

    bjus calorentos desde o Brasil..rss

    ResponderEliminar
  42. Obrigada pelo carinho do selo.
    O poema é fantástico.
    Abraços

    ResponderEliminar
  43. Olá,
    Quero agradecer pela sua visita la no meu blog...
    Achei lindo o teu blog e como você escreve...
    Brigado pelo selo ...
    Você tah acompanhado para eu voltar aqui...
    Um abraço!!!
    Fica na paz...

    ResponderEliminar
  44. Olá amigo obrigado pela sua lembrança.
    Se quiser vá buscar uma lembrança também ao meu blog Sonho Azul.
    http://maria-cardoso.zip.net.
    Já levei o selo que é muito bonito.
    Bom Carnaval
    Manuela

    ResponderEliminar
  45. Olá Manzas...você tem o dom das rimas, abandonei um pouco este estilo, meiop que sem querer, mas para as canções eles ficam mais harmoniosos...por isso não os esqueço...
    A imagem que você usou eu já usei uma vez num poema em que falo sobre a poesia...Súplica á poesia...um pedacim...
    VEM POESIA, COMO SERENO DA NOITE
    TRAZ O CLARÃO DA LUA CHEIA
    VEM COMO A ESTRELA CADENTE
    E SOLITÁRIA POUSA EM MINH’ALMA
    VEM POESIA, TIRA O VAZIO DE MIM
    FAZ DELE A UTOPIA SEM LIMITES
    TRAZ QUIMERA AO MEU PENSAMENTO
    E O TRANSFORMA EM FLUENTES VERSOS
    Um abraço na alma...

    ResponderEliminar
  46. Ah..a parte em que falo do lobo..rs
    VEM POESIA, INCITA-ME COMO O LOBO
    A BRADAR EM UIVOS MEUS ANSEIOS
    INVADE SORRATEIRA A MADRUGADA
    A PROCURA DA INSÔNIA INTERMITENTE

    ResponderEliminar
  47. Auuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!!

    Grande garoto! Abração!

    ResponderEliminar
  48. "Solidariedade e Fraternidade, é a mola mestra do sucesso de todos juntos". Efigênia Coutinho

    Venho agradecer sua mensagem ao Blogo, Poetas Amigos, e o selo que colocarei com muita honra, sua pessoa trás um carisma imenso, muito obrigada, com admiração,
    Efigênia Coutinho

    http://efigeniacoutinhopoesias.blogspot.com/

    NOVAS POSTAGENS AO BLOG

    ResponderEliminar
  49. A tua espera

    Estou a tua espera
    Vestida de vontade
    De me entregar por inteiro
    Ao seus carinhos devassos
    De sentir sua lingua quente
    Ávida da minha pele,
    Dos meus contornos
    ...poema a Tua espera...pode ler no meu...
    acho que nossos blogs tem muito em comum
    eu também canto o amor, o sentimento que brota da alma...
    seu poema aqui
    Chamar por ti...
    " Bebi da escuridão a sede de te encontrar
    Afincando garras nas tuas pegadas…
    Com olhos selvagens fixei-me no teu olhar
    Furtando o brilho das estrelas elevadas"
    ...
    Divino...
    Obrigada pelo selo vou pegá-lo
    Que você tenho um bom carnaval

    Beijos carinhosos

    ResponderEliminar
  50. Manzas, querido,
    Já vim buscar o selinho, é lindo...
    Obrigada pela lembrança.

    Tenha uma ótima sexta-feira.

    Bjsss

    ResponderEliminar
  51. Obrigada pela oferta do selo, mas o blog que voce deixou o presente não é meu, não posso colocar nada lá.
    Posso sim colocar no meu blog.
    Grata
    izil

    ResponderEliminar
  52. Voltei!
    Lindo um amor que faz você atravessar mares pelo amado!
    Beijos e aguardo a sua visita lá.
    =D

    ResponderEliminar
  53. Eu degustei o teu belo poema! Abraço

    A terra gira
    e nem tudo muda,
    pus-me a cantarolar
    e sob a fantasia na vereda...
    Era magia e emoção.
    Brinquei, dancei,
    e esbanjei energia.
    Mas não tenho saudade...
    Era carnaval!
    *tossan

    prestigie nosso blog
    http://amigosnablogosfera.blogspot.com

    ResponderEliminar
  54. "Poetando tudo

    porque tudo é poesia"

    como disse no meu blog.

    E assim você o faz aqui.


    Um forte abraço

    ResponderEliminar
  55. Manzas,
    Nossa ,que lindo!
    diante de tanta beleza,vaí ter gente querendo virar, chapéuzinho vermelho(risos)
    Parbéns,
    beijos
    Mari

    ResponderEliminar
  56. Olá, vim agradecer o carinho da visita e dizer que estarei viajando por estes dias de Carnaval, assim que voltar venho te ver ok?
    Um beijo e até breve!

    ResponderEliminar
  57. " Liberta-te....
    e corre em demanda da felicidade.
    Deixa-te encantar pelo mar,
    as aves e as flores...
    e vê como todos se vestiram de festa
    por causa de ti."
    Emmanuel Geibel

    Beijo grande pra você :)

    ResponderEliminar
  58. Certamente seu uivo será ouvido em dueto com o vento;e encontrarás e serás encontrado pelo amor - o seu amor!
    Ele sempre deixará o rastro;o vento se encarregará de levar seu perfume até ti;a chuva escreverá na terra seu nome...as folhas secas farão trilhas e a natureza toda será cúmplice deste amor!
    As árvores dançarão uma valsa e a farão adormecer até que você a encontre a a desperte no seu tempo!
    Lindas suas poesias!
    Você me lembra o modo como o blog As rosas não falam escrevia e sempre me inspirava...infelizmente não está mais lá!

    ResponderEliminar
  59. Uivos destes merecem dez estrelas!

    Enfim, uma constelação poética ímpar!

    ResponderEliminar
  60. um poema muito bonito com este chamamento no uivo dum lobo....
    a fotografia é linda!
    estive a ler que és da póvoa e tens 36 anos, a família carvalho, diz-te alguma coisa? uma sandra e um luís?...
    obrigada pela tua visita
    beijinhos

    ResponderEliminar
  61. Adorei o poema... obrigada pelo selo! :)

    bj*

    ResponderEliminar
  62. Olá Manzas:

    Venho 'retribuir' a visita e desejar um excelente fim-de-semana.

    Li 'por alto' o Relato... obrigada pela coragem da partilha!

    Fazes bem continuar na aventura das palavras!

    Até breve.

    ResponderEliminar
  63. Gostei do que aqui li. Deixo um convite:

    http://www.escritartes.com/forum/index.php?referredby=3

    ResponderEliminar
  64. Seu blog é lindo! Encantador! Faz com que por alguns minutos nosso dia se torne mais calmo.
    Obrigada por passar no meu e pelo selo.
    Uma ótima sexta.
    Excelente final de semana e Carnaval.
    Tudo de bom!!!

    Forte abraço.
    July

    ResponderEliminar
  65. Obrigada pela ponte que deixaste até este magnifico poente de sentir, desejo e voz.


    Gostei de te ler.


    Haverá sempre na natureza uma voz que nos é dirigida. Só temos que ter sensibilidade para a escutar.


    Um óptimo fim de semana, Manzas.

    Beijos

    ResponderEliminar
  66. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  67. Manzas,
    Quando virás ao Brasil? Já o conheces? Venha à maior floresta do mundo fazer dela poesia.
    Um forte abraço!

    ResponderEliminar
  68. Gostei muito do seu blog! estarei acompanhando...

    e obg pelo Selo!

    ;D

    ResponderEliminar
  69. Há de se sentir tanta beleza quando me adentro em sua casa!
    Sinto-me leve e renovada...

    Acolhida e aconchegada....

    E as imagens que perfeitamente casam com suas palavras, ocupam minha mente e preenchem meu coração... quando daqui me despeço, por enquanto!


    Sempre voltarei...

    Abraços, flores e estrelas....

    ResponderEliminar
  70. Tu és maravilhoso meu caro...
    Continue sempre a nos presentear com tamanha beleza de seus poemas...
    beijos doces

    ResponderEliminar
  71. Manzas
    Hoje sem mais palavras (ando um bocadinha avessa a comentários...)passo para dizer que sigo sempre "o rasto" das suas palavras neste valioso canto de poesia.

    E, claro, agradeço muito o selo. Já o vim buscar, não fosse alguém levá-lo por mim...rsrs

    Bom Carnaval, de muita folia, se dela gostar.

    Bejinho

    ResponderEliminar
  72. Entrar aqui é tudo de bom!
    Aqui também respira o Amor!

    Obrigada por sempre visitar o meu Blog!

    Bom Final de Semana e um carnaval com muitas alegrias...

    Beijos e fique com Deus!

    ResponderEliminar
  73. Manzas...

    Estou viajando hoje para aproveitar o feriado de carnaval.
    Espero que você aproveite bastante!!!

    Quando retornar venho lhe visitar!
    Um beijo carinhoso

    ResponderEliminar
  74. Obrigada pelo teu prémio! Está lindo e tem a tua marca!
    Já está a decorar o meu blogue! :-)

    Deixa-me dizer-te que os teus poemas estão cada vez mais lindos!

    Um beijinho*
    Fanny

    ResponderEliminar
  75. Fantastico(mais uma vez). Maravilhoso poema!
    Beijinhos e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  76. Obrigada pelas palavras de carinho!
    Abraços carinhosamente {Female} "L".

    ResponderEliminar
  77. Manzas querido,
    Passando para lhe desejar um feliz final de semana e que tenhas um carnaval maravilhoso e se não brincar, um ótimo descanso.

    Bjss.

    ResponderEliminar
  78. Amigo Manzas,
    Poema sublime e muito bem concatenado com a imagem!

    Grande Abraço!

    ResponderEliminar
  79. Olá Manzas,que lindo poema!
    É difícil escolher mas essa estrofe me chamou mais atenção:
    Bebi da escuridão a sede de te encontrar
    Afincando garras nas tuas pegadas…
    Com olhos selvagens fixei-me no teu olhar
    Furtando o brilho das estrelas elevadas

    Agradeço o selo,é lindo

    Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  80. very good blog, congratulations
    regard fron Reus Catalonia
    thank you

    ResponderEliminar
  81. Manzas, me diz por que vocês portugueses são excelentes poetas? Você, herdeiro desta máxima, é poeta de mão cheia. Parabéns.

    ResponderEliminar
  82. Mais um belo texto, amigo Manzas.

    Gosto da forma como descreves o teu sentir, as tuas emoções.

    Um excelente fim de semana! Um excelente carnaval!

    Abraço fraterno

    Mário

    ResponderEliminar
  83. Isso de acender fogos em florestas ainda te vai meter em sarilhos, jove. ;)

    Abraço!

    ResponderEliminar
  84. Fazendo poesia e embelezado o espaço.Abraço e bom carnaval

    ResponderEliminar
  85. Como sabe, gosto de o vir visitar...
    ( eu e muitos )

    Fique bem.

    ResponderEliminar
  86. Amor e ponderação
    Entender e esquecer
    Um sentimento obliquo
    Que sente
    mas não entende
    Que violenta teu querer
    Que ameaça a razão
    Não resiste a perfeição
    Sem definição
    Tua idéia é bela
    Teu sentir é dor
    Uma estado
    A compreensão
    O saber que é possível em tudo
    O primeiro saber
    O único
    Saber
    Esquecer
    Não ser
    Uma cor
    Um som
    Uma emoção
    Saber que é
    Entender com clareza
    De estar sempre ao seu dispor
    Amor
    Um sentimento
    Maior
    O manter
    Não tem limite
    Tem razão
    Seu estado
    É instável
    Não é bonito
    É simplesmente
    Belo
    Amor
    De muitas maneiras
    É descrever
    O acontecer
    Sempre
    O estado do imprescindível do ser.
    Teu poema me faz sentir
    e por fim
    ouso o escrever.

    ResponderEliminar
  87. Voltei agora para ler os comentários...
    depois de já ter feito o meu e percebo que teu uivo foi ouvido pelo menos ecoou em diversos corações que buscam ainda que na escuridão ;no brilho da lua ser encontrado correspondido;na floresta um lugar tão lindo;tão vasto;tão surpreendente e cheia de sensações como o amor...
    É...o amor é assim...nos convida;nos deixa só;se esconde e aparece atrás de cada árvore;no som das folhas secas no chão;no barulho da chuva...ele clama desesperadamente(uiva)espera;faz uma pausa...e volta a uivar novamente;cada vez mais forte ;mais longínquo e intenso ...é de dá medo muitas vezes por que nos consome embora digam que isto não é amor e sim paixão!Até que finalmente seja correspondido!
    Mas um amor de verdade tem um pouco de tudo ...é equilibradamente louco!

    ResponderEliminar
  88. De todas as "casas" por onde andei, poucas encotrei que continham as palavras, as cores e os gestos que tocassem tão profundo em minh´alma! Tudo aqui respira o indizível, o inexprimível, o suave e doce perfume do "amor". Parabéns! felicidade e êxito em tudo que fizeres!

    LU MARIA

    ResponderEliminar
  89. ....

    Um bom carnaval para ti, se possível, com a alma respirando poesia.

    Um abraço

    ResponderEliminar

Um pensamento, uma reflexão,
um comentário …
Caloroso abraço de sua opinião
com sorriso de entusiasmo
de eterna Gratidão…