domingo, 1 de fevereiro de 2009

Dedilhada



A noite cala coberta
Num manto ardente
Pela cadência marcada…
Dança com ela discreta
A estrela cadente
No toque (em)balada

Harpa que murmura
Notas soltas ao vento
Entoando poesia…
Sintonia pura
De um momento
Em teu corpo fantasia

Soltas suaves acordes
Ecoando a melodia
Desvendada em segredos…
Lira que mordes
Em momentos de harmonia
Misteriosos enredos

As luzes se apagam,
O silêncio brota no ar
Em bosques e mares…
Desertos que alagam
Prazeres a desaguar
Sons dos teus cantares

Com voz harpa sussurrastes
Amarrada á virtude
Casta e cuidada…
Perfeita, fantasiastes
Na plena magnitude
E com ela foste … dedilhada

.
-Manzas-

42 comentários:

  1. gostei mt, tem um qb de sensualidade e fantasia
    abraço

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Poeta,
    Perfeito...,
    continuo afirmando,o sentimento é tão profundo,que sua Musa deve ser mitologica..
    Aplausos!!!
    bjs ,verde e amarelo
    Mari

    ResponderEliminar
  4. "A alma sensível é como harpa que ressoa com um simples sopro" (Beethoven , Ludwig). Brindemos.

    ResponderEliminar
  5. Um dedilhado poético e sensual!
    Beijinhosssssss

    ResponderEliminar
  6. Cada vez que venho aqui me surpreendo, sua poesia é linda, toca o coração...deve transbordar sentimentos de dentro de ti...sorte de quem convive contigo.

    Tenha uma ótima semana, e que ela lhe traga muito inspiração pra vc continuar nos deliciando com poemas tão lindos!

    bjos.

    ResponderEliminar
  7. Bela Lira, Moisés. Gostei muito!

    Mesmo, ao longe, se fazem ouvir os acordes!...

    Abraços,

    H.F.

    ResponderEliminar
  8. Magnífica sintonia...num poema dedilhado de sensualidade!

    Adorei!!!

    Beijo

    ResponderEliminar
  9. Um belo grupo.
    Estrela, harpa, acordes suaves,lira, segredos, prazeres a desaguar....mãos perfeitas a DEDILHAR.
    Sensualidade poética, mistica, perfeita.
    Parabéns POETA.
    Nely.

    ResponderEliminar
  10. Num dedilhar de musicas, sussurros e segredos; num embalar de magia e sensualidade... aqui se fez e viveu Poesia...

    Confesso que não pára de me surpreender...
    Parabéns!

    ResponderEliminar
  11. Para mim, o mais neste poste é mesmo a imagem... Linda! ;)

    ResponderEliminar
  12. Um poema que vem como música aos ouvidos.
    Parabéns e uma ótima semana.

    ResponderEliminar
  13. Belo poema... belos poemas! Obrigada! Seja feliz!

    ResponderEliminar
  14. Acredite que sua semana vai ser muito feliz,
    que todos os dias o céu tem uma nova cor
    e que o Universo conspira a seu favor,
    sempre que você assim o quiser.
    Assim que seus olhos avistarem o sol pela manhã
    lembre-se que este novo dia está por ser escrito
    e pode ser sempre um dia feliz,
    se você se permitir assim...

    ResponderEliminar
  15. Belos acordes sensuais, linda harmonia entre as palavras, a música e a fotografia !

    Podiam ser tocados na cítara que está no meu último post. Engraçado esta escolha de "cordas" na mesma altura...

    Beijinhos verdinhos

    ResponderEliminar
  16. Muito bonito, o toque é uma das coisas indescritiveis, mas tu quase que tocas lá.

    desculpa a ausencia, mas o meu braço está a melhorar , e já posso teclar:)
    boa semana amigo poeta

    ResponderEliminar
  17. Ler-te tem feito parte das minha tarefas diárias. Realmente é muito gratificante quando encontramos leituras do tipo.
    Agradeço o carinho registrado em sua visita desejando muito que retorne caso seja sua vontade.
    Algumas folhas secas pelo teu chão.

    ResponderEliminar
  18. Muito bom ler esses teus acordes em forma de palavras, poesia assim encanta de verdade.

    Força, abraços.

    ResponderEliminar
  19. Obrigada Manzas por sua presença sempre tão especial em meu blog!
    Lindíssima sua poesia!
    Em perfeita harmonia com a imagem!
    Desejo uma semana muito especial para você!

    Um beijo carinhoso

    ResponderEliminar
  20. Há música em todos os versos. Música que fala pela poesia.
    Lindíssimo!!!!

    Parabéns!

    Mirse

    ResponderEliminar
  21. QUERIDO MANZAS, GRATA PELAS TUAS VISITAS... O TEU POEMA*****ESTRELAS... ADOREI AMIGO!!!
    UM ABRAÇO DE CAINHO E TERNURA,
    FERNANDINHA

    ResponderEliminar
  22. Esta imagem fez-me lembrar uma harpa linda que vi uma vez e que me encantou pela sua grande beleza, que era nem mais nem menos uma cópia desta mas em madeira talhada... lembro-me dos contornos perfeitos da mulher e da expressão que tinha no rosto... (Do que me fui lembrar...)

    Sempre associei o som da harpa aos cânticos mágicos das sereias...

    Magikiss

    ResponderEliminar
  23. Que delicia de poema aqui plantado...Neste meu regresso...

    Doce beijo

    ResponderEliminar
  24. Tem um selinho para você no meu cantinho.

    Depois volto pra ler ... a imagem é linda!

    Bjss amigo

    ResponderEliminar
  25. DEDILHADA:
    Soltas suaves acordes
    Ecoando a melodia
    Desvendada em segredos…
    Lira que mordes
    Em momentos de harmonia
    Misteriosos enredos

    Passeei para ler sua poesia, e aqui estou vidrada, você supera o insuperável com sua alma poeta, meus cumprimentos.
    Postei matéria nova no meu espaço, espero sua visita, com admiração,
    Efigênia Coutinho

    ResponderEliminar
  26. Manza,
    ...e que lindos sons são tirados quando
    o corpo é " dedilhado" com amor.
    Suave toque.
    Erótica poesia.
    Imaginei a cena...
    Bela poesia !
    Excelente semana.
    Beijão

    ResponderEliminar
  27. Destreza e sensibilidade para tal composição poética! E claro, um toque de sensualidade.

    Deixo meu abraço!

    ResponderEliminar
  28. Meu anjo que lindo sem letrinhas para comentar.. me fugiram todas rsrs... desejo a vc uma semana de paz.. A paciência é uma qualidade fugaz.
    Queremos o que queremos quando queremos.
    Felizmente, nossas vontades só são realizadas
    no momento certo.
    Mas a espera nos dá a impressão de que nossas preces
    não foram ouvidas.
    Precisamos acreditar que a resposta virá na hora certa.
    Já pensou como nossas vidas seriam diferentes hoje se os pedidos de semanas, meses, anos atrás tivessem sido atendidos na mesma hora?
    Cada um de nós percorre um caminho único,
    com lições especiais.
    Assim como um bebê precisa engatinhar antes de andar,
    nós temos de ir devagar,
    dando os passos certos rumo ao crescimento.
    A frustração só existe porque nosso relógio
    funciona num tempo diferente do de Deus.
    Mas podemos ter certeza de que nossas preces serão atendidas algum dia, em algum lugar, e para o nosso bem.
    beijinhosssssssssssssssssssssss

    ResponderEliminar
  29. uma nova rajada de vento breve

    passou por aqui



    .
    um beijo

    ResponderEliminar
  30. Olaa , blza?? parabens escrev muito bemm , são palavras profundas , e muita sencibilidade. Muita paz pra vc, abrço!!

    ResponderEliminar
  31. Para não variar: magnifico!
    E excelente escolha de fotografia!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  32. Que sensação gostossa ao ler seu poema!
    Pra ler e ouvir uma musica junto...
    Palavras cantadas! A foto, pereita!!!


    Beijos avassaladores!

    ResponderEliminar
  33. Muito obrigado por me motivar a vir lê-lo.
    Uma sensualidade dedilhada com muito ritmo...
    Abraço.

    ResponderEliminar
  34. Meu querido,

    És um poeta lindo e suave como uma sinfonia.

    Teus versos sempre me emocionam.

    Beijos,

    Inês

    ResponderEliminar
  35. O som suave da harpa, gentilmente dedilhada por ti fica vibrando no ar ...

    Palavras e imagem numa sintonia perfeita ... uma sinfonia a dois ... é bom senti-la.

    Uma boa semana para ti poeta :)

    ResponderEliminar
  36. E haverá melhor Sentir que "dedilhar" a pessoar amada?

    Ainda que só com o pensamento...

    Beijo meu

    ResponderEliminar
  37. COMPOSIÇÃO DE GRANDE IMPACTO. PARABÉNS! UM FORTE ABRAÇO DE ANGRA DO HEROÍSMO.

    ResponderEliminar

Um pensamento, uma reflexão,
um comentário …
Caloroso abraço de sua opinião
com sorriso de entusiasmo
de eterna Gratidão…