quarta-feira, 11 de março de 2009

Morrer por amor é viver!


Mesmo antes de te conhecer, eu te amei!
De conhecer o teu nome e rosto de mulher…
É como acreditar nos anjos sem ver, não sei!
É sentir ser picado por abelhas, sem o mel colher

É como o desejo incansável da noite pela manhã
E em brando dia, aguardar o frio da lua…
É como arder na água fria que corre de forma sã
Pelo rio da beleza, contornando uma sombra tua

É como sonhar acordado com um paraíso
Navegando numa pequena barcaça em temporais…
É como beijar sem se quer esboçar um pequeno sorriso
E ancorar sem ancora nas margens dos canaviais

É como caminhar pela fina areia descalço
E sem marcas de pegadas, partir conchas intactas…
É como tatuar a tua vida no meu corpo sem cálcio
Nutrido pelas carinhosas palavras sensatas

É como ficar mudo das palavras por dizer-te
Á luz de uma escuridão de oceanos sem estrelas…
É como ficar cego por ti e persistir em ver-te
E sem voz cantar as tuas melodias…e sê-las!

Hoje! Que já conheço o teu nome e o teu rosto
Irei alojar-te em meu corpo e por amor morrer…
Petrificado como uma estátua, assim serei posto!
Porque simplesmente… morrer por amor é viver!
.
-Manzas-

53 comentários:

  1. ...É como ficar cego por ti e persistir em ver-te...

    Ai o amorrr... o amor deveria aparecer com manual de como "usar"!!!

    Lindo como sempre....

    Bjosss

    ResponderEliminar
  2. Nossa...
    as vezes voce se supera...
    Falar de amor é tao simples e ao mesmo tempo tao complexo...
    E vc o fez com maestria...
    Parabens!
    Adorei...

    bjs

    ResponderEliminar
  3. Amigo Manzas,
    Lindo poema!!!
    Um hino ao amor...
    Parabéns!!!

    Abraço

    Lourenço

    ResponderEliminar
  4. QUERIDO MANZAS... SUBLIME POEMA DE UM AMOR TRANSCEDENTAL... ASSIM É UMA ENORME PAIXÃO, QUE DESTROI O CORAÇÃO... MENINO QUE AMOR LINDO, "MESMO DE MORRER"... UM GRANDE ABRAÇO DESTA TUA AMIGA DO CORAÇÃO,
    FERNANDINHA

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. Manzas,
    Perfeito!
    ah,essa musa,merece aplausos!!!
    e vc um caminho de pétalas...
    beijos,além mar
    Mari

    ResponderEliminar
  7. Falar tanto de amor sem cair em lamechices nem sempre é fácil.
    Tu fizeste-o com mestria. Gostei muito.
    Parabéns!

    Boa semana.

    Beijinhos
    Mariazita

    ResponderEliminar
  8. ...é preciso AMAR muito para escrever assim!


    Bravo

    ResponderEliminar
  9. Bravo!!! Só o amor pode salvar o mundo....

    ResponderEliminar
  10. O Amor,esse sentimento tão belo,leva-nos a locais,momentos,que nem sabemos,por vezes explicar!
    Gostei muito.
    Beijo.
    isa.

    ResponderEliminar
  11. Olá Pennsamentos, paz !
    Passo para lhe agradecer por mais uma visita, que dupla honra !
    Bem, falar sobre amor e viver, é algo que rege o ser humano. Este que vive numa caça alucinante, e por que será né !? Pois, somos formados pela partícula chamada AMOR.
    E o que é o amor ?
    Este que não cabe em palavras, pois, é atitude.
    Amar é optar por escolher e CONVICÇÃO. Aprende-se amar, RENÚNCIA.

    Ósculos e amplexos.

    ResponderEliminar
  12. Gosta de música sacra ?

    Venha assistir ao concerto do dia 15 de Março às 16h no Salão Paroquial da Igreja do Sagrado Coração de Jesus em Lisboa. A entrada é livre.
    Para mais informação, consulte o blog do coro VOX MARIS.

    ResponderEliminar
  13. Que ames muito
    E vive da melhor forma...

    Abraço-te
    JustMe

    ResponderEliminar
  14. Manzas

    Que homenagem máxima ao amor! Não podia ser maior, pois não? "Morrer por amor é viver"- Para quê mais palavras?

    um beijinho

    MV

    ResponderEliminar
  15. Não sei se estou morta ou se estou viva!
    Só sei que o amor me consome...

    Beijos, Poeta!

    ResponderEliminar
  16. "É tão bom morrer de maor e continuar vivendo..."
    Mário Quintana

    Linda poesia, Manzas

    beijo pra vc
    ..............Cris Animal

    ResponderEliminar
  17. ...e pelas margens do rio, vou colhendo as azedas, que me adoçam os lábios, neste dia tão solarengo e eu a pensar em ti.....

    É sempre bom vir aqui e ler textos tão bonitos. Beijos da sté

    ResponderEliminar
  18. É como caminhar pela fina areia descalço
    E sem marcas de pegadas, partir conchas intactas…

    Como algo tão paradoxal pode habitar nosso tão inocente coração, chorar pelo amor e gargalhar pela angústia. Somos levados por ondas de amor súbito e cego, que por vezes é cego antes de se mesmo conhecer o dom da visão.

    ResponderEliminar
  19. Bonito mesmo, sem mais palavras...
    Nesta fase da minha vida tocou cá dentro..
    Que a paz que transmites pela tuas palavras sejam sempre únicas... Bj

    ResponderEliminar
  20. morrer por amor é viver para sempre enamorado.

    ResponderEliminar
  21. Los versos se hacen color, luz y sentimiento en tus manos e invitan al placer de disfrutarlos con todos los sentidos.
    Hermoso, amigo.

    ResponderEliminar
  22. Sábias palavras: "morrer por amor é viver"!
    Beijo!

    ResponderEliminar
  23. Oiiie tudo?
    lindo demais manzas saudades que eu tava daki!
    beijos

    ResponderEliminar
  24. Meu querido, desculpe pela demora a lhe responder.

    Mais uma vez me sinto honrado em visitar um blog aonde as palavras e sentimentos são descritos de forma tão bela...

    Lindos versos, um lindo sentimento.

    Meus comprimentos a sua pessoa!!!

    e meu desejo sincero de felicidade!!!

    um forte abraço!!!!

    Jean
    CosmonautaBR

    ResponderEliminar
  25. Ah,Manzas!
    Chegar aqui e me deliciar com esse texto, chego aficar muda. Porque nunca sei o que escrever com medo de desmanchar a harmonia dos teus versos.
    O amor nunca morre, ele permanece, sempre. feliz daquele que reconhece o seu, não?

    Um beijo ilumindao pra vc!

    Ps.E não posso deixar de agradecer o carinho nos comentários. Arrancam sempre um sorriso, e dos grandes.

    ResponderEliminar
  26. "Eu morri hoje uma outra vez
    Eu sempre morro quando um amor se me vai
    Eu morri já umas mil vezes
    [apenas nessa curta vida]
    Porque sempre morro do meu desamor
    Curioso, penso comigo, novamente só:
    Se tanto morri, de algum modo, renasci!
    Viva o amor, enquanto seja. Eu vivi!"

    Mais uma vez um momento teu de grande inspiração.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  27. Assim como o oceano só é belo com o luar
    Assim como a canção só tem razão se cantar
    Assim como uma nuvem só acontece se chover
    Assim como o poeta só é grande se sofrer
    Assim como viver sem ter amor não é viver

    (Vinícius De Moraes/tom Jobim)

    Desejo a você um resto de semana maravilhoso
    Abraços. Eduardo Poisl

    ResponderEliminar
  28. Morrer assim, deve ser bom.
    Mas nem sempre a morte pelo amor, é boa.
    As vezes é lenta e dolorasa e mata a cada dia...
    :/

    http://xcafedamadrugadax.blogspot.com

    ResponderEliminar
  29. Morrer de amor... morrer por amor! Como? Se a graça do amor está em vivê-lo??
    Beijo grande para você, querido amigo!
    Tem selos para você no meu Blog.

    ResponderEliminar
  30. Vim matar a saudade e alimentar minha alma com suas palavras! Saudade de ti por inteiro.
    Quero morrer de novo. Beijos em ti.

    ResponderEliminar
  31. Bonito! Intenso... Está apaixonado???? rsrsrs... brincando... todo poeta é um eterno apaixonado... por isso vcs nos presenteiam com tão ardentes palavras...
    beijos...

    Bom dia!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  32. Vale a pena aqui voltar e reler, pois o conteúdo é um cautério, um bálsamo.

    Morrer por amor ... é viver!

    Mas ainda há quem se deixe morrer por amor a uma fé cega, intolerante, fundamentalista!...

    Coitados!

    ResponderEliminar
  33. Oi Manzas...
    apesar do tempo ausente nas postagens do blog.
    Quando posso...passo para apreciar as postagens.
    Ando tão a flor da pele... que ao ler sua poesia acabei me emocionando.
    Quantos mistérios há no amor...chega, invade e nos modifica.
    Há quem diga que ficamos enfeitizados...será?

    Olha...que a inspiração continue sempre!
    Assim de seu coração sairá sempre essas belas maravilhas.

    Um beijo com o meu carinho

    ResponderEliminar
  34. Felizes os que de amor podem morrer, pois passaram pela vida e viveram de verdade.

    Como sempre, sua poesia vem cheia de belezas da sua alma linda, meus cumprimentos,
    com admiração,
    Efigênia

    ResponderEliminar
  35. Heitaaaa.. que coisa linda... Quem ama intensamente corre o ríco de morrer um pouco a cada diasim... Por isto tbm morro por vezes pra renascer em outra poesia criada por mim... com a força magica do saber amar menino.. lindo trabalho muito bem desenhado em letras de tua alma! meu sempre carinho.. bjss vania

    ResponderEliminar
  36. Belo! Também morrerei de amor para viver!

    Um dia morrerei
    De vida, vivida intensamente
    Com loucura tudo amei
    Sempre! Infinitamente!

    Beijos, poeta!

    ResponderEliminar
  37. Belo poema! Deve ser bom amar tão intensamente e desejar morrer de amor.

    Parabéns, poeta!

    Forte abraço

    Mirze

    ResponderEliminar
  38. mais um poema de ficar de boca aberta...
    Manzas.... as grandes emocoes da vida sao feitas através do amor..ele consegue tranquilizar nosso corpo..quem nao tiver ou nao fizer amor nao tem por certo uma vida saudavel..............
    mais uma vez foi supreendido com um magnifico poema.....parabens
    um abraco
    Rui

    ResponderEliminar
  39. O erro ortográfico

    "Se quer" ou "Sequer", eis a questão
    que o saber do poeta Manzas parece ignorar.
    Apesar de mostrar o seu sentir com coração,
    terá que a sua ortografia aperfeiçoar.

    O eterno abraço.

    ResponderEliminar
  40. TENHO UM PREMIO JUNTAMENTE COM UM DESAFIO NO MEU BLOG,PASSA POR LÁ PARA O APANHARES....
    UM BOM FIM DE SEMANA...BEIJINHOS
    MARIA

    ResponderEliminar
  41. Alguém que emociona outro alguém... tem de ser poeta!
    Alguém que escreve poesia emocionando alguém... tem de ser, para alem de poeta um Ser Humano maravilhoso!

    Um abraço
    Obrigado, sempre.. pela atenção que me dedicas.

    ResponderEliminar
  42. Oi, querido Manzas.


    Mas será que vale a pena morrermos por amor?
    E o nosso amor por nós mesmos, querido, onde foi onde podemos encontrar?

    Carinho,

    Mai

    ResponderEliminar
  43. "Morrer por Amor é viver" e cantar em júbilos de glória... um amor que será para sempre a tua linda história.

    ResponderEliminar
  44. Morrer por Amor é o acto mais sublime da ... VIDA!!!

    ResponderEliminar
  45. Me identifiquei muito com seu poema,
    muito LINDO!
    morrer por amor é meio louco!

    ResponderEliminar
  46. Há momentos em que invejo tais palavras.
    afinal de contas é tao dificil falar de amor.

    e agora acabei de encontrar minha historia em suas palavras...


    www.kuandr.blogspot.com

    ResponderEliminar
  47. Que bonita declaração de amor.

    Foi um prazer passar por aqui.

    Boa semana!

    ResponderEliminar

Um pensamento, uma reflexão,
um comentário …
Caloroso abraço de sua opinião
com sorriso de entusiasmo
de eterna Gratidão…